Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SPOTIFY ACUSA APPLE DE USAR APROVAÇÕES DA APP STORE COMO ´ARMA´ CONTRA COMPETIÇÃO

30/06/2016

A equipe do Spotify não está conseguindo aprovar uma nova versão do seu aplicativo para iPhones na App Store porque, segundo eles, a Apple usa o sistema como uma "arma" contra competidores. 

Este episódio mais recente levanta preocupações sérias sob a lei de competição tanto dos EUA como da UE. Continua sendo um padrão de comportamento alarmante da Apple em excluir ou diminuir a competitividade do Spotify no iOS e como um rival do Apple Music, particularmente quando olhado em cima de condutas anticompetitivas prévias da Apple contra o Spotify. Nós não podemos aceitar que a Apple use o processo de aprovação da App Store como uma arma para prejudicar competidores."

Não é a primeira vez que o Spotify reclama das políticas da Apple na App Store, mas a disputa mais recente é resultado de um histórico. A gigante da maçã não obriga, categoricamente, terceiros a usarem seu sistema de cobrança pelo iTunes, mas, ao mesmo tempo, não permite que eles usem outros meios (enquanto a Google, sim). A maior desvantagem disso para o Spotify e outros serviços é que o sistema de cobrança pelo iTunes cobra uma pesada taxa de 30% que vai para a Apple. Para contornar a situação, o Spotify repassa a taxa da Apple para os usuários pelo iPhone, tornando o pagamento pelo iTunes mais caro (US$ 13, em vez de US$ 10). O "pulo do gato" é que a plataforma de streaming de música oferece, então, descontos e promoções para assinar o Spotify fora do iPhone. Assim, você paga mais barato pelo browser, por exemplo, e pode usar seu login premium no iPhone, com as despesas pagas e "passando por cima" da Apple.

Não contente com a solução encontrada pelo Spotify, mas sem poder proibir outros sistemas de cobrança que não têm nada a ver com seus dispositivos, a Apple teria mandado que eles parassem de divulgar essa promoção, sob pena de ter o aplicativo tirado da App Store. O Spotify acatou a ameaça, mas em contrapartida, retirou a possibilidade de pagar o serviço pelo iTunes na nova versão do aplicativo. E é essa nova versão que a Apple está se recusando a aprovar na App Store.

 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar