Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HOMEM DIZ TER CRIADO IPHONE EM 1992 E ABRE PROCESSO BILIONÁRIO CONTRA APPLE

29/06/2016

Reprodução
 
 
 

Um homem está processando a Apple por acreditar que Steve Jobs roubou sua ideia ao conceber o iPhone, nove anos atrás. Como compensação, Thomas S Ross pede que a empresa lhe pague US$ 10 bilhões (algo em torno de R$ 33 bilhões), além de royalties de 1,5% referentes às vendas futuras da Apple que poderiam chegar aos US$ 3,5 bilhões (R$ 11,5 bi) ao ano.

Reprodução
A história é a seguinte: em 1992 Ross pediu a patente de um “dispositivo eletrônico de leitura”, basicamente um aparelho com tela plana que caberia na mão e poderia ser usado para consumo de mídia. Em seu processo, ele afirma ter sido o primeiro a registrar a ideia de combinar mídia e ferramentas de comunicação, e que suas criações foram usadas em produtos como iPhones, iPod, iPads, entre outros.
 

Reprodução

O problema, como relata o The Telegraph, é que as patentes nunca foram aprovadas porque Ross não pagou as taxas necessárias, assim seu pedido foi dado como abandonado em 1995. Mesmo assim, ele acusa a Apple de ter se apropriado das suas patentes e chegou a lembrar uma fala de Jobs, que certa vez disse não ter vergonha de roubar grande ideias.

Ele acrescentou seus desenhos originais no processo para comprovar sua tese, e quer que seja realizado um julgamento com júri na Flórida para a análise do caso.

 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar