Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EM TEMPO DE CRISE, COBOL FICA MAIS VIVO DO QUE NUNCA

20/06/2016

Uma pesquisa realizada globalmente pela Micro Focus revela que, hoje, 1,5 milhão de linhas de códigos escritas diariamente o são em Cobol e a demanda deverá crescer nos próximos 10 anos, uma das linguagens mais antigas de programação. Também aponta que 70% de toda a lógica e dados de negócios críticos são escritos em COBOL, sobretudo em bancos, processadoras de cartões de crédito, seguradoras e computadores mainframe do setor de varejo.

“O maior desafio para os negócios tradicionais é integrar novas tecnologias ao que já foi construído, sem perder o capital investido. Criar uma ponte entre os sistemas legados e o que há de novo, como Cloud e Mobile, é uma das principais preocupações dos gestores de TI atualmente”, afirma Marcos Damasceno, diretor de Consultoria e Soluções da Micro Focus.

Segundo a Micro Focus, há cinco razões para o COBOL estar na linha de prioridade dos gestores de TI. São elas:

Segurança

É díficil imaginar que exista uma linguagem com normas de segurança mais específicas que o COBOL.  Por ser utilizado em instituições financeiras,  como bancos - onde segurança é primordial -, desenvolvedores estão trabalhando há décadas em atualizações que consequentemente, o tornaram referência em segurança de dados e informações sigilosas. Além disso, ele roda apenas em mainframes, computadores menos expostos à web.

Performance

Outro benefício do COBOL é a possibilidade de processar grandes volumes de dados com extrema rapidez, principalmente as rotinas Batch, aumentando de forma considerável a capacidade de processamento durante a janela reservada para o ciclo. Como em qualquer empresa, a agilidade traz grandes vantagens para os negócios.

Custo benefício

Na maioria das vezes, os custos associados às aplicações são gastos com as plataformas em que estes sistemas são executados, como mainframes.  Estratégias de migração de plataforma e integração de sistemas sem abandonar a linguagem tradicional tem se mostrado uma estratégia mais eficiente para inovar sem ter um gasto elevado.

Adaptabilidade

A linguagem COBOL é adaptável à outras plataformas de hardware. É possível reutilizar aplicações que foram escritas há décadas ou a utilizar integrada à novas plataformas como NET ou JVM.  Além disso, a linguagem ainda tem uma excelente compatibilidade com novas tecnologias como Cloud e o Mobile. Isto a torna extremamente vantajosa, visto que desenvolvedores podem modificá-la e atualizá-la sem a necessidade de grandes investimentos, conforme necessidade.

Dependência Operacional

Empresas tradicionais como bancos, seguradoras e empresas de varejo, construíram seus sistemas em COBOL ao longo de muitos anos, levando a incorporação destes sistemas como parte de suas regras de negócio. Quando consideramos a dependência operacional dos negócios às aplicações, é fácil concluir que o COBOL continua sendo peça fundamental na operação destas organizações.
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar