Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

5 NOVOS RECURSOS DO IOS 10 QUE A APPLE COPIOU DO ANDROID

15/06/2016

O velho dito popular de que "nada se cria, tudo se copia" parece especialmente verídico quando se trata da indústria da tecnologia. Afinal, empresas passam anos brigando por patentes em tribunais, enquanto os consumidores defendem suas marcas favoritas em debates calorosos na internet sobre quem "inventou" o que primeiro.

A verdade é que é muito difícil apontar um "inovador" dentro do mercado. Afinal, embora um determinado produto seja reconhecido como o primeiro a trazer alguma novidade, é bem provável que essa novidade seja uma versão reciclada de outros recursos apresentados por outras fabricantes no passado. As ideias são compartilhadas, copiadas e reinventadas a todo momento.

Por exemplo: com a chegada do iOS 10, nova versão do sistema operacional móvel da Apple, os donos de iPhones e iPads terão uma série de recursos inéditos, mas muitos deles já existem na concorrência há alguns anos. Pensando nisso, listamos cinco novidades do iOS 10 que já são conhecidas de quem tem um smartphone Android.

1 - Integração da Siri com outros aplicativos

A Apple finalmente decidiu deixar parte do código da Siri aberto para desenvolvedores de aplicativos. Isso significa que outras empresas poderão incorporar nos seus apps recursos integrados à assistente virtual do iPhone e do iPad (e, agora, também do macOS). Por comando de voz, o usuário poderá pedir que a Siri envie uma mensagem a um amigo usando o WhatsApp, por exemplo.

Acontece que o Google Now, assistente virtual nativo do Android, já faz isso há tempos. Além de fazer pesquisas no Google, o sistema pode tocar uma música no Spotify, chamar um amigo no Facebook e até encontrar um vídeo no YouTube, além de também enviar mensagens de SMS, pelo WhatsApp, Telegram ou qualquer app de sua preferência.

2 - Integração do Maps com outros aplicativos

Não foi só a Siri que foi aberta aos desenvolvedores. A Apple continua se esforçando para fazer com que seu aplicativo nativo de GPS, o Maps, seja mais útil ao usuário. Além de sugerir locais próximos da sua rota e preparar o caminho para compromissos, o app também consegue agora pedir um carro do Uber e reservar mesas em restaurantes pelo OpenTable.

Essa integração com outros aplicativos também já existe no rival Google Maps há algum tempo, que pode também pedir carros do Uber e do 99Taxi, por exemplo. A estratégia da Apple parece ser a de trazer de volta para o seu quintal os usuários que instalaram o aplicativo rival em seus iPhones. Mas ainda faltam alguns recursos à Apple para disputar de igual para a igual com a concorrência.

3 - Sensor de movimentos para ligar a tela

O iOS 10 também é capaz de usar os sensores de aproximação e movimento do iPhone para ligar a tela de bloqueio assim que o usuário levantar o celular de sobre uma mesa. Esse recurso "economiza" o botão Ligar do iPhone, especialmente se você só quer saber o horário ou se chegaram novas notificações.

O recurso não é exclusivo do iOS, embora também não seja padrão do Android. Ainda assim, diversas fabricantes já tiraram proveito desse sistema em seus celulares com o sistema do Google. É o caso da Motorola, com seu novo Moto G4 e G4 Plus, por exemplo. O Galaxy S6, da Samsung, assim como o Moto X, também liga a tela quando sente a aproximação da mão do usuário.

4 - Notificações com mais opções

As notificações na tela de bloqueio do iPhone também contam com mais recursos no iOS 10. É possível ver fotos e vídeos sem desbloquear o celular e até responder mensagens diretamente pela janela pop-up que te avisa de alguma novidade.

No Android, é possível configurar para que as notificações mostrem mais ou menos do seu conteúdo diretamente pela tela de bloqueio. Também é possível responder mensagens do WhatsApp, Messenger ou Hangouts diretamente pela janela de notificação, sem precisar abrir o app em tela inteira.

5 - Fotos organizadas automaticamente com inteligência artificial

O aplicativo Fotos roubou a cena na WWDC quando a Apple mostrou tudo o que ele será capaz de fazer com as imagens salvas no seu iPhone. Com o iOS 10, o app poderá organizar as suas fotos em pastas, identificando pessoas pelo rosto, locais e até datas. Será possível também montar vídeos automáticos com efeitos e trilha sonora pré-definida, montando "videoclipes" com as suas lembranças.

Tudo isso foi anunciado pelo Google no ano passado quando a empresa revelou seu próprio app, também chamado Fotos. A diferença é que o aplicativo do Android armazena todas as imagens do celular do usuário na nuvem, com espaço quase ilimitado. A organização por pastas, reconhecimento facial e produção de vídeos automáticos também vem no Google Fotos (que também está disponível para download no iOS).

 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar