Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ERIC SCHMIDT, DO GOOGLE, ESTÁ BEM TRANQUILO EM RELAÇÃO AO FUTURO DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

13/06/2016

O Google está trabalhando em um botão para destruir robôs, mas apesar disso Eric Schmidt acha que não há nada com o que se preocupar porque “o estado da Terra” não permite esses cenários em que inteligências artificiais assassinas ganham força. Em outras palavras, ele pede para colocarmos os pés no chão.

Falando na conferência Brilliant Minds em Estocolmo, na Suécia, Schmidt reconheceu os temores de uma superinteligência artificial que pessoas como Stephen Hawking e Elon Musk já admitiram ter. Musk até chegou a dizer que o Google é a única empresa que mexe com AI e que amedronta ele.

A resposta de Schmidt foi bem direta. Stephen Hawking? Um cara brilhante! Mas não é um cientista da computação. Elon Musk? Também é brilhante, e também não é um cientista da computação.

Ele disse:

O cenário que você está descrevendo é um em que os computadores ficam tão espertos que vão querer nos destruir em algum momento com a sua inteligência artificial devido a algum bug. Minha questão é: você acha que seres humanos não perceberiam isso, e começariam a desligar os computadores? Aí teríamos uma corrida em que humanos tentariam desligar computadores, e as AIs se realocariam para outros computadores, e seguiria assim até o último computador, que não conseguimos desligar, e isso é um filme. É um filme. O estado atual da Terra não suporta nenhum desses cenários.

Vamos torcer para que ele esteja certo.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar