Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SMARTPHONE ZENFONE ZOOM É PRATICAMENTE UMA CÂMERA DIGITAL QUE FAZ LIGAÇÕES

18/05/2016

Com o Zenfone Zoom, a Asus trouxe para o mercado um celular com a cara e a qualidade de uma câmera digital. Não confunda "câmera digital" com "câmera profissional". As fotos produzidas pelo aparelho têm lá os seus diferenciais, mas, talvez, não justifiquem o investimento que varia de R$ 2.699 a R$ 3.299 --preço similar a de aparelhos top de linha.

Com o próprio nome diz, o Zenfone Zoom é o único smartphone vendido no Brasil que possui zoom óptico. Integrado por um conjunto de 10 lentes periscópicas, o dispositivo viabiliza a aproximação real de até três vezes, além de uma aproximação digital de 12 vezes. Vale lembrar que o zoom óptico aproxima a imagem sem causar nenhuma distorção, o que não ocorre com o zoom digital. 
 
Larissa Leiros Baroni/UOL
Montagem com uma foto tirada com o zoom óptico e outra sem o recurso

O recurso coloca a Asus em destaque em relação aos concorrentes, já que o aparelho se sai bem melhor nas fotos de longa distância. As tradicionais granulações do zoom digital praticamente não aparecem, e o aparelho se mostra bastante eficiente para captar imagens distantes ou mesmo detalhes de um cenário. Mas não espere uma superaproximação. Os três níveis de zoom óptico podem quebrar o ganho, mas não vai ser capaz de fazer você enxergar muito além do que os seus olhos podem ver. 

Larissa Leiros Baroni/UOL
Montagem com uma foto tirada com o zoom ótico do Zenfone Zoom (esquerda) e outra com o zoom digital de um aparelho concorrente

Ainda que seja composta por sensores de 13 MP --superior a aparelhos top de linha [iPhone 6s e Galaxy S7, ambos com 12MP]--, a câmera do Zenfone Zoom produz imagens com cores menos vivas, mas aceitáveis. Conta ainda com estabilizador, para garantir fotos menos tremidas, e foco laser, que utiliza sinais de laser para medir a profundidade de campo. O flash e o módulo noturno também favorecem as fotos em ambientes sem luminosidade.

Outro recurso interessante do aparelho é o modo manual, que permite a regulagem do foco, do tempo de exposição à luz, do ISO, da velocidade do obturar e do balanço de branco. Para quem sabe combinar esses elementos, os resultados das imagens podem ser ainda mais satisfatórios. É uma boa opção para aspirantes a  fotógrafos, mas, não tão útil para fotos do dia a dia - já que demanda tempo e conhecimento.

A câmera frontal de 5MP cumpre bem o seu papel em ambientes bem iluminados, mas a ausência de um flash frontal inviabiliza as fotos em locais com pouca ou nenhuma luz. As produções noturnas acabam ganhando muitas granulações e perdendo profundidade de campo. Também não há destaque para os vídeos produzidos pelo ZenFone Zoom. Ele não grava em 4K --o que já virou uma tendência no mercado--, mas a qualidade Full HD é suficiente para bons registros.

Satisfatório como câmera, mas mediano como smartphone

Lucas Lima/UOL

Como câmera, o Zenfone Zoom é satisfatório. Mas, como smartphone, o lançamento da Asus não se destaca. Ainda que seja o aparelho mais potente da marca no Brasil, no quesito potência, ainda está aquém dos tops de linha e até de alguns intermediários. 

A versão mais cara do Zenfone Zoom conta com um processador Intel Atom quad-core de 2,5 GHz e 128 GB de memória, além de 4GB de memória RAM. Configurações suficientes não apenas para atividades do dia a dia, mas também para ações mais pesadas --como jogos e filmes-- e para usuários multitarefas. Não que esse seja o aparelho mais indicado para os "heavy user" e para os "gamers".

Não espere muito também da bateria com capacidade de 3.000 mAh, que se mostrou menos eficiente do que a dos concorrentes. Nos testes, em uso intenso, o tempo entre uma recarga e outra foi inferior a um dia. A sorte é que o aparelho é beneficiado com a tecnologia de carregamento rápido, que garante 60% de carga em 40 minutos.

Design e interface do aparelho 
Lucas Lima/UOL

Mesmo não sendo muito delicado, o Zenfone Zoom tem o seu quê de sofisticação, graças ao revestimento de couro legítimo com estrutura de metal.

Por dentro, é integrado por uma customização do antigo Android 5.0 (Lollipop). A versão criada pela Asus vem com alguns recursos próprios, como o chamado ZenMotion, que ativa o aparelho diretamente na função desejada. Desenhando uma letra na tela apagada, como um "C", para ativar a câmera, ou um "S", para a selfie. O modo de uma mão pode ser habilitado com um duplo clique no botão "home". Já para capturar uma imagem da tela, segure o botão de multitarefa, que no Zenfone é o da direita. Algumas firulas que se mostraram bastante práticas.

Vale a pena comprar?

Se você gosta de tirar fotos de longa distância, o aparelho é, sem dúvida, a melhor opção do mercado. Mas vale avaliar se para você não é mais vantajoso comprar --por valor similar-- uma câmera profissional. 

Direto ao ponto: Zenfone Zoom

  • Tela: 5,5 polegadas de Full HD (1920x1080)
  • Sistema Operacional: Android 5.0 
  • Processador: Intel Atom Z3580 quad-core de 2,3GHz ou Intel Atom Z3590 quad-core de 2,5GHz
  • Memória:  64 GB ou 128GB
  • Câmeras: 12 MP (principal) e 5 MP (frontal)
  • Dimensões e peso: 158.9 x 78.84 x 11.95 mm; 185 gramas
  • Preço sugerido: de R$ 2.699 a R$ 3.299
  • Pontos positivos: zoom óptico, modo manual, modo noturno, memória RAM
  • Pontos negativos: ausência do flash frontal, bateria, potência e preço 

 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar