Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PRESSÃO NÃO FAZ GOOGLE PENSAR EM DATA CENTER NO BRASIL

13/05/2016

Não há previsão de o Google ter um data center no Brasil, apesar da pressão do mercado local, diz o diretor de Tecnologia para a América Latina do Google Brasil, Fernando Teixeira. A empresa de Internet, que ambiciona ser a líder de aplicativos para escritórios e colaboração no mercado corporativo, rebate a afirmação do Gartner, que perdeu clientes por não ter um data center no país.

"No modelo do Google, o dado está armazenado num grid mundial por conta da segurança, da disponibilidade e da latência. O dado não fica estático. O que asseguramos, e os gestores de Tecnologia, começam a enxergar é que o dado será acessado imediatamente e terá privacidade integral", pontuou Teixeira. O posicionamento rebate, de certa forma, o pensamento do Gartner que diz ser ´uma teimosia´ da empresa norte-americana não investir no Brasil.

Na disputa pelo mercado corporativo de serviços na nuvem - com a Microsoft e com a Amazon - o Google quer avançar no Brasil e usa a experiência com o consumidor final para lidar com as empresas. "O usuário final é muito exigente. Ele quer tudo na hora. Muito mais que os acordos de SLAs (nível de serviços) que as empresas exigem. Na verdade, os CIOs nos pedem certificações. Nos pedem garantias de ter uma cópia do dado no Brasil, principalmente, em segmentos regulados, como o financeiro", afirma o executivo do Google.

Teixeira admitiu ainda que o fato de ainda cobrar em dólar - está negociando mudar o modelo para adotar o Real - é um entrave na hora da escolha do Google for Works, mas a redução de custos e a qualidade do serviço são levados em conta, especialmente neste cenário turbulento. "O CIO, hoje, personifica o dilema de ir ou não para a inovação. Eles sabem que precisam descontruir os modelos, principalmente, com o avanço do mundo móvel que abre as fronteiras das redes", completa.
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar