Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ESTE DISPOSITIVO TRANSFORMA A REDE WI-FI DA SUA CASA EM UM SISTEMA DE SEGURANÇA ANTI-INVASORES

13/05/2016

Sistemas de segurança podem ser bem caros e pouco acessíveis a pessoas comuns e donos de pequenos estabelecimentos. O núcleo de desenvolvimento da agência de comunicação Grey Brasil criou um pequeno dispositivo que usa a rede Wi-Fi da sua casa para detectar a presença de corpos estranhos.

O wifialarm é um pequeno gadget mais ou menos do tamanho de um roteador de internet que, inclusive, atua em parceria com um roteador. Para funcionar, o ideal é que os aparelhos estejam posicionados em lugares opostos. Eles se comunicam frequentemente em busca de alguma mudança na movimentação dentro da casa. Ainda dá para ligar repetidores de sinal para aumentar a área de monitoramento do sistema, e assim não deixar que nenhum canto da sua casa fique fora do alcance.

Como ele faz isso? Usando as ondas da rede Wi-Fi: as ondas normalmente seguem um padrão quando estão viajando. Se algo diferente acontecer, esse padrão será alterado. E aí o wifialarm envia uma notificação push para um app no seu smartphone avisando que é possível que algo estranho esteja na sua casa, dando a chance de avisar a polícia, um vizinho ou quem for para conferir se tudo está sob controle.

A ideia da Grey com o gadget é “democratizar a segurança”. O público-alvo é claro: pessoas que querem um sistema de segurança em casa, mas não podem pagar uma fortuna por isso, ou pequenos estabelecimentos que também não tem grana para coisas mais elaboradas. Pense em pet shops, cabeleireiros, ou pequenas lojas de rua, que podem ser alvo de ladrões com alguma frequência. Com o gadget, teriam como saber se alguém entrou no estabelecimento durante a noite, por exemplo, e avisar a polícia para evitar um mal maior. Ele também pode emitir sinais sonoros para afugentar o intruso.

Para evitar alarmes falsos, o wifialarm só avisa quando percebe uma grande perturbação no sinal. Assim, seu gato ou cachorro podem continuar caminhando pela casa sem problema algum sem que o gadget pense que tem um intruso no seu lar.

wifialarm-1

O uso do Wi-Fi para isso surgiu por um motivo simples: é uma tecnologia consideravelmente difundida pelo país (a Grey diz que 66% dos imóveis brasileiros possuem Wi-Fi, com base em uma pesquisa do IBGE), e assim não exigiria a compra de equipamentos extremamente caros. Além disso, as ondas Wi-Fi conseguem atravessar paredes, o que significa que todos os cômodos de uma casa podem ser monitorados pelo sistema. Ele funciona em distâncias de até 12 metros, o que deve ser o suficiente para muita gente.

O wifialarm se conecta a um app no seu smartphone (com versões para Android e iOS), e é a partir do app que você faz tudo nele. Quando estiver saindo de casa, é só ativar o gadget, que fará uma rápida varredura para entender qual é a situação da sua casa. Isso é feito a cada vez que você liga ele, e a varredura dura cerca de 10 segundos. É importante que isso seja feito sempre – assim você pode mudar móveis de lugar, por exemplo, sem que precise reconfigurar o sistema. Se esquecer de ligar e só lembrar na rua, não tem problema: dá para fazer pelo próprio app.

wifialarm-2

Quando o sistema detecta movimento, envia uma notificação para seu smartphone. E a partir dela você pode ligar para a polícia (o número da polícia vem configurado por padrão), ou qualquer outro que preferir, já que é possível mudar isso. Dá para, por exemplo, colocar o telefone de um vizinho e pedir para ele ir conferir se tudo está sob controle.

Mais de uma pessoa pode configurar o app para funcionar com um único wifialarm. Todos os moradores de uma casa, por exemplo, podem receber notificação avisando de algo estranho, e todos também podem ativar ou desativar o sistema (o último a sair pode ativar, e o primeiro a chegar desativar, sem que ninguém precise esperar ninguém). Mas só é possível configurar o app com um wifialarm. Se você quiser usar um em casa e outro na sua loja, bem, isso ainda não é possível.

O wifialarm ainda não está pronto, mas a Grey pretende lançá-lo no mercado até o fim do ano. Ele deve custar cerca de US$ 75 – sistemas de segurança infravermelho custam cerca de US$ 155, quando kits de circuito fechado de televisão podem sair por mais de US$ 400. No momento ele está em fase de testes e em pré-venda no site oficial do wifialarm.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar