Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VEJA O QUE O COMPUTADOR DO GOOGLE ESCREVEU APÓS LER QUASE 3 MIL ROMANCES

13/05/2016

Como parte de um projeto de pesquisa em inteligência artificial, cientistas do Google Brain alimentaram uma inteligência artificial com mais de 11 mil livros - incluindo cerca de 3000 romances e 1500 novelas fantásticas. O passo seguinte da pesquisa, porém, exigiu que a máquina escrevesse frases com base no que leu.

A ideia do projeto é melhorar a capacidade de comunicação da inteligência artificial. Os livros são utilizados porque muitas vezes utilizam várias frases diferentes para dizer a mesma coisa - assim como as pessoas. Aprendendo com os livros, a inteligência artificial estaria mais apta a interpretar o significado de uma frase para um sistema de reconhecimento de fala, por exemplo.

Para testar os conhecimentos adquiridos pela máquina com o processo, os pesquisadores pegavam duas frases de um dos livros e programavam a máquina para escrever um determinado número de frases ligando as duas. O computador deveria então criar uma sequência progressiva de significado entre as duas (o que, conforme pode ser visto pelos resultados abaixo, não deu muito certo).

Segundo o Quartz, os pesquisadores responsáveis pelo estudo escreveram um artigo ainda não publicado, apresentado naConferência Internacional de Representações de Aprendizado no dia 3 de maio, detalhando os resultados. Algumas das tentativas da máquina podem ser vistas abaixo.

Nos quatro exemplos abaixo, as frases fornecidas à máquina pelos pesquisadores aparecem em negrito. As frases construídas pela máquina para progredir entre as duas aparecem entre elas:

I

no.
he said.
“no,” he said.
“no,” i said.
“i know,” she said.
“thank you,” she said.
“come with me,” she said.
“talk to me,” she said.
“don’t worry about it,” she said.

[tradução: não.
ele disse.
“não,” ele disse.
“não,” eu disse.
“eu sei,” ela disse.
“obrigado,” ela disse.
“venha comigo,” ela disse.
“fale comigo,” ela disse.
“não se preocupe com isso,” ela disse.]

II

it made me want to cry.
no one had seen him since.
it made me feel uneasy.
no one had seen him.
the thought made me smile.
the pain was unbearable.
the crowd was silent.
the man called out.
the old man said.
the man asked.

[tradução: aquilo me fez querer chorar.
ninguém o havia visto desde então.
aquilo me fez me sentir inquieto.
ninguém o havia visto.
o pensamento me fez sorrir.
a dor era insuportável.
a multidão estava silenciosa.
o homem chamou.
o velho disse.
o homem perguntou.
]

III

he was silent for a long moment.
he was silent for a moment.
it was quiet for a moment.
it was dark and cold.
there was a pause.
it was my turn.

[tradução: ele ficou quieto por um longo momento.
ele ficou silencioso por um momento.
estava quieto por um momento.
estava escuro e frio.
houve uma pausa.
era a minha vez.
]

IV

there is no one else in the world.
there is no one else in sight.
they were the only ones who mattered.
they were the only ones left.
he had to be with me.
she had to be with him.
i had to do this.
i wanted to kill him.
i started to cry.
i turned to him.

[tradução: não há mais ninguém no mundo.
não há mais ninguém à vista.
eles eram os únicos que importavam.
eles eram os únicos que restavam.
ele tinha que estar comigo.
ela tinha que estar com ele.
eu tinha que fazer isso.
eu queria matá-lo.
eu comecei a chorar.
eu virei para ele.] 
 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar