Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ESTUDO REVELA QUAL É A ´IDADE DE RISCO´ PARA PERDER O CELULAR

29/04/2016

Ter o celular roubado ou perdido é algo que pode acontecer a qualquer usuário, independentemente da idade. Mas um estudo do laboratório de pesquisas da Kaspersky indica que existe, sim, uma faixa estária "de risco", mais propensa a perder seus smartphones.

Segundo o estudo, realizado pela Kaspersky em parceria com a B2B International, jovens com até 24 anos perdem seus dispositivos com mais frequência que os mais velhos. Em média, 14% dos usuários de smartphones teve seu aparelho roubado nos últimos 12 meses, mas entre os jovens de 16 a 24 anos, especificamente, esse índice chega a 26%.

Na mesma faixa etária, 83% disseram ter sofrido graves consequências por conta da perda, num índice levemente maior do que a média geral em todas as idades, que é de 77%. Entre as consequências citadas estão: ter contas online invadidas (32%), perder arquivos pessoais (25%) e ter informações particulares vazadas (24%).

"Quando perdidos ou roubados, os dispositivos transformam-se facilmente em ´falsos amigos´ digitais. Uma situação como essa é muito mais que um inconveniente, pois pode violar nossa identidade e privacidade", disse Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil. "O uso de recursos antirroubo incluídos em uma solução de segurança mais abrangente para bloquear o acesso de terceiros, ajudar a localizar o aparelho e apagar seus dados pessoais, se necessário."

 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar