Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EMPRESA PROMETE SMARTPHONE QUE CUSTA O EQUIVALENTE A R$ 50 E LEVANTA SUSPEITAS

29/04/2016

docoss x1 india
 
 

A Índia parece ter uma obsessão por smartphones extremamente baratos. Este ano, vimos o complicado caso do Freedom 251, que custa o equivalente a R$ 15. Agora temos o Docoss X1, que também tem preço baixo e é igualmente problemático.

O Docoss X1 está disponível pelo equivalente a R$ 47. O aparelho roda Android 4.4 KitKat, é dual-chip e tem suporte a 3G, Wi-Fi e Bluetooth.

Ele promete tela IPS de 4 polegadas, processador dual-core de 1,3 GHz, 1 GB de RAM e 4 GB de armazenamento (expansível por microSD). A câmera traseira tem 2 megapixels; a câmera frontal é VGA; e a bateria tem 1.300 mAh.

Essas especificações são bem semelhantes às do Lumia 430, que a Microsoft lançou pelo equivalente a R$ 220 (ele não chegou oficialmente ao Brasil). Este foi o menor preço de lançamento para um Lumia. Como a Docoss chegou a um preço quatro vezes menor?

Difícil saber: segundo o BGR India, a empresa lista números de telefone no site oficial, mas não atende as ligações. E a ICA (Indian Cellular Association), entidade que representa as fabricantes de celulares na Índia, afirma que o custo desses componentes seria entre R$ 80 e R$ 100, sem incluir outros custos e impostos.

docoss x1 india 2

São acusações semelhantes às do Freedom 251. O smartphone de R$ 15 é extremamente parecido com outro à venda pelo equivalente a R$ 240. A polícia indiana registrou um FIR (espécie de boletim de ocorrência) com acusação de fraude contra a Ringing Bells, empresa por trás do smartphone “mais barato do mundo”.

Outro caso semelhante aconteceu na Índia: horas antes de a mPhone lançar sua linha de smartphones, os diretores da empresa foram presos por fraude financeira. O lançamento foi cancelado, e não é possível adquirir nenhum dos modelos no site oficial.

O smartphone X1 é o primeiro produto da Docoss, que não é conhecida na Índia. Ela vende o aparelho com opção de pagar na entrega, sem exigir dinheiro antecipadamente, e promete começar as entregas no dia 2 de maio.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar