Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ASSISTÊNCIA TÉCNICA VIRALIZA APÓS CLIENTE ATESTAR HONESTIDADE DA EMPRESA

29/04/2016

Quiosque Rei do iPhone lota após cliente falar bem da empresa no Facebook

Na última sexta-feira (28), uma postagem de Caio Rossoni no Facebook rendeu grande publicidade espontânea para a assistência técnica de smartphones Rei do iPhone, localizada na Santa Efigênia, em São Paulo. Rossoni, que trabalha como consultor de uma rede de vestuário, ia pagar R$ 180 pelo conserto de seu telefone em um quiosque da região, mas foi nessa outra assistência, que resolveu seu problema na hora, e sem cobrar nada.

"Entrei no primeiro quiosque e sem nem olhar meu celular, já mandou: ´Ah, então, vou ter que abrir e trocar a peça. Vai te custar R$ 180´", disse Rossoni no Facebook. Ele foi a outro quiosque para ter uma segunda opinião. "Falei do problema, ele pediu para ver e falou: ´Tá sujo´. Pegou uma chavinha, tirou a poeira e me devolveu". O dono da assistência fez o serviço de graça e só pediu para seu novo cliente falar bem dele para os amigos.

Até a publicação desta notícia, o post de Rossoni já tinha mais de 71 mil compartilhamentos e 320 mil curtidas e reações. Na área de comentários, pessoas elogiaram a postura do estabelecimento. "Sou técnico também e acho uma falta de consideração algumas assistências sujarem o nome de outras", disse um comentário. Muitos também aproveitaram para taguear amigos, provavelmente para indicar a loja em caso de problemas em seus respectivos aparelhos.
 
Outro usuário do Facebook, Marcos Tenório Alexandre, passou pela frente do Rei do iPhone após a repercussão do post e comprovou a popularidade recém adquirida, com dezenas de novos clientes na frente do quiosque.
 

Em sua página do Facebook, o Rei do iPhone falou sobre a história e a recém adquirida popularidade. "Queridos amigos, agradeço as milhares de mensagens pelo nosso trabalho e o carinho de vocês. Infelizmente não consigo responder a todo mundo mas agradeço o contato de coração".

"Passar preço de um serviço sem olhar o aparelho não é uma prática justa com o consumidor. Pedimos a compreensão de todos, é só levar que o orçamento sai na hora sem custo e de quebra ganha um café fresquinho", disse a loja em outro post.

O UOL tentou contato com Caio Rossoni e representantes do Rei do iPhone, mas não obtiveram retorno.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar