Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VIVALDI, O NAVEGADOR PARA USUÁRIOS AVANÇADOS, CHEGA À VERSÃO 1.0

06/04/2016

Há cerca de um ano começava o projeto Vivaldi, o navegador que foi criado para tentar solucionar as necessidades de um público específico: os usuários avançados. Depois de muito tempo em fase de testes, o software finalmente chegou à sua versão 1.0, indicando que ele já está pronto para uso estável. O download pode ser feito neste link.

O navegador é uma ideia de Jon von Tetzchner, cofundador da Opera, a empresa que desenvolve o browser de mesmo nome. Ele ficou insatisfeito com o caminho tomando pela empresa e se desligou para criar o Vivaldi.

O Vivaldi se baseia no Chromium, o projeto de código aberto do Google (no qual se baseia o Chrome) para renderizar páginas, apostando nos motores Blink e V8. O navegador está disponível para Windows, Linux e OS X. Ele também é construído sobre tecnologias web como CSS e JavaScript (mais especificamente o React e o Node.js).

O que ele tem de avançado, afinal de contas? O Vivaldi promete várias opções de ajustes e recursos que normalmente só estão disponíveis em outros navegadores por meio de extensões. A barra de abas, por exemplo, pode ser posicionada em qualquer canto da tela, o que permite aproveitar melhor o espaço do display, associar comandos a gestos do mouse, criar atalhos para praticamente qualquer ação, além da customização da página inicial e do speed dial.

Outra diferença é a possibilidade de criação de painéis web na lateral. Ele permite que, enquanto você navega por sites, consiga abrir uma janelinha para ler o seu feed no Twitter ou no Facebook, ou ler notícias na sua página favorita. Tudo isso, sem precisar sair da sua aba principal.

Entre outras funções estão a possibilidade de unir várias abas em apenas uma, com o objetivo de organizar melhor o que você visualiza no navegador. Além disso, também é possível, para quem realmente é multitarefa, organizar todas as abas na mesma tela, fazendo com que elas dividam o espaço à sua frente. Você pode ver um exemplo exagerado abaixo:

Reprodução 

O navegador não tem extensões por conta própria, mas por ser baseado no Chromium, as extensões para o Chrome devem ser totalmente compatíveis, segundo a equipe de desenvolvedores. Então, para instalar qualquer complemente, basta conferir a Chrome Web Store.




Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar