Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

WINDOWS PHONE ESTÁ EM QUEDA LIVRE NOS SMARTPHONES

04/03/2016

Os smartphones mantêm a tendência de crescimento de vendas em 2016, mas num ritmo abaixo do registrado em 2015, pontua pesquisa da IDC. De acordo com a consultoria, as remessas mundiais de smartphones devem totalizar 1,5 bilhão de unidades no mundo, o que significará um crescimento de 5,7% em relação a 2015, que contabilizou um embarque de 1,44 bilhão, 10,4% a mais do registrado em 2014. A expectativa da IDC é que, em 2020, o mercado chegará a 1,92 bilhão.

A rentabilidade dos fabricantes também tende a cair, uma vez que a projeção é de que a venda aumente para os terminais de menor custo, com o preço médio por unidade caindo de US$ 295, em 2015, para US$ 237, em 2020. Os phablets cresceram e apareceram em 2015 representando 20% do mercado. Expectativa é que o volume chegará a 32% em 2020, o que significará 610 milhões de unidades comercializadas.

Plataformas

A pesquisa da IDC não é nada boa para a Microsoft. A empresa está em queda livre na venda de terminais, mesmo com a compra da Nokia, em 2013, por US$ 7,2 bilhões. Em 2015, vendeu apenas 11,5 milhões de unidades com o Windows Phone, uma queda de 18% em relação a 2014. E em 2016, a consultoria projeta mais queda em torno de 18,5%.

De acordo ainda com o estudo, que as remessas de smartphones Android somaram 1,17 bilhão em 2015 e a consultoria projeta que, em 2020, esse montante chegará a 1,62 bilhão. Significa que a fatia de mercado do sistema operacional passará de 81% em 2015 para 85% em 2020.

A Apple teve um ano excepcional em 2015, com a remessa de 231,5 milhões de iPhones, 20,2% mais que em 2014. Ao mesmo tempo, o preço médio dos aparelhos subiu de US$ 663 para US$ 713. Mas 2016 pode ser um ano ´menos bom´ para o Android e para a Apple, uma vez que há uma tendência de crescimento dos celulares de menor custo.

 
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar