Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVO MAPA MOSTRA UMA VISÃO DA VIA LÁCTEA QUATRO VEZES MAIOR QUE A QUE CONHECÍAMOS

25/02/2016

mapavialactea

Sete anos após o primeiro seu último esforço em mapear nossa galáxia, o telescópio APEX, que fica no planalto do Chajnantor, na região chilena do Atacama, nos deu algo ainda mais completo: um mapa da galáxia que cobre quatro vezes a área anterior da que tínhamos acesso.
 

Este novo mapa — cuja foto que abre o post mostra apenas um trecho — é parte da pesquisa ATLASGAL, uma missão incrível para mapear detalhes de áreas frias que estão espalhadas pela Via Láctea. Se isso sozinho não te parece animador, os pesquisadores usaram as informações para monitorar o nascimento de estrelas na galáxia e conseguiram ter uma ideia da localização delas e como atuam.

Diz o ESO (Observatório Europeu do Sul), que é um dos administradores do telescópio, sobre o novo mapa:

Esta nova divulgação dos dados ATLASGAL vem complementar observações obtidas com o satélite Planck da ESA [Agência Espacial Europeia]. A combinação dos dados Planck e APEX permitiu aos astrônomos detectar radiação emitida ao longo de uma maior área do céu e estimar assim a fração de gás denso existente na Galáxia interna. Os dados ATLASGAL foram também utilizados para criar um censo completo de nuvens frias de grande massa, onde novas gerações de estrelas estão se formando.

Os trabalhos sobre as explicações desse novo mapa envolvem mais de 70 diferentes documentos, a maioria deles publicados em periódicos científicos de astronomia ou de astrofísica. O mapa cobre uma área de 140° de comprimento e 3° de largura. Isto não só permite um área de estudo maior, como também proporciona melhor resolução em áreas que já foram previamente captadas.
 
 
 
 
Fonte: Gizmodo
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar