Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PESQUISADORES ATINGIRAM A TRANSMISSÃO MAIS RÁPIDA DE DADOS JÁ REGISTRADA A 1.125 TBPS

12/02/2016

Uma equipe de pesquisadores atingiu a maior velocidade já registrada de transferência de informações digitais entre um único transmissor e receptor, enviando dados opticamente a ridículos 1.125 terabits por segundo.

O resultado, conquistado por cientistas da University College London, usou uma série de técnicas de processamento de sinais para chegar a essa velocidade. Mas, em primeiro lugar, o chefe de pesquisa, Dr Robert Maher, coloca a velocidade em contexto:

Para comparação, isso é quase 50.000 vezes maior do que a velocidade padrão de uma conexão banda larga no Reino Unido de 24 megabits por segundo… Para dar um exemplo, a taxa de dados que atingimos permitiria baixar toda a série Game of Thrones em HD em um segundo.

A configuração usou 15 canais diferentes para o envio dos dados, cada um contendo um sinal óptico de comprimento de onda diferente. Cada canal foi modulado separadamente, e então todos foram combinados em um único sinal – o que os pesquisadores chamam de “super-canal”. Na outra extremidade, um receptor com uma largura de banda incrivelmente alta fez tudo o que foi recebido fazer sentido. Talvez seja melhor Maher explicar essa parte, como fez nesse comunicado à imprensa:

Usando super-receptores de alta largura de banda, pudemos receber todo o super-canal de uma só vez… No entanto, usar um único receptor varia o nível de desempenho de cada sub-canal óptico, então tivemos que otimizar tanto o formato de modulação quanto a taxa de códigos para cada canal óptico individualmente para maximizar a taxa de dados de informações. Isso resultou na maior taxa já registrada usando um único receptor.

O estudo foi publicado na Scientific Reports.

Há um pequeno porém: nesses experimentos, a equipe conectou diretamente o transmissor ao receptor. No próximo teste, eles vão precisar ligar os dois usando fibra óptica, o que pode fazer o sinal ficar distorcido enquanto viaja de um ponto para o outro.

Então ainda vai demorar para termos conexões de banda larga capazes de baixar Game of Thrones em um segundo.

 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar