Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SURGEM AS PRIMEIRAS FOTOS DO GALAXY S7 E DO GALAXY S7 EDGE

02/02/2016

 
 

O Galaxy S7 já tem data marcada para ser mostrado oficialmente: 21 de fevereiro. Isso não significa, no entanto, que é necessário esperar até lá para descobrir o que a Samsung tem em mente. Sim, chegou aquele momento: começaram a “vazar” as fotos do novo aparelho da empresa, obtidas pelo jornalista Evan Blass, do VentureBeat.

Devem ser dois modelos apresentados pela empresa no dia 21. O Galaxy S7 deve manter o mesmo tamanho do seu antecessor, com uma diagonal de tela de 5,1 polegadas, mas o S7 Edge deverá ficar maior, com 5,5 polegadas, mas manterá a tela curva. Assim, o Edge deixará de ser apenas uma réplica curvada do outro modelo.

Também é possível perceber pelas fotos que muito da identidade visual do S6 deve ser mantida. Em comparação com o modelo do ano passado, as diferenças visuais não são muito grandes. A traseira de vidro deve se manter, junto com detalhes metálicos e bordas arredondadas.

Reprodução 

A Samsung, contudo, deve ter ouvido os comentários dos usuários ao longo do último ano, reclamando principalmente da ausência do slot para cartão microSD. Os rumores indicam que ele deve voltar, com espaço para cartões de até 200 GB. A bateria não deve ser removível, mas deve ser significantemente maior do que os modelos S6: 3000 mAh para o S7 e 3.600 mAh para o S7 Edge (contra 2.550 mAh e 2.600 mAh do ano passado).

A câmera traseira deve ser “rebaixada” de 16 megapixels para apenas 12 megapixels, o que não deve fazer muita diferença, já que os megapixels influem muito pouco na qualidade da foto. Já a abertura da lente deve aumentar para f/1.7, o que deve fazer bastante diferença em situações de pouca luminosidade. Já a lente frontal não deve ter mudança.

Internamente, os aparelhos devem contar com 4 GB de memória RAM e um processador da própria Samsung, o Exynos 8 Octa 8890, de oito núcleos (quatro de alto desempenho a 2,3 GHz e quatro voltados à economia de energia, a 1,6 GHz). No entanto, é possível que a empresa recorra a diferentes chips em diferentes regiões, permitindo que alguns locais recebam uma versão com um processador Snapdragon 820 em vez do Exynos.

Reprodução
 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar