Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AS VANTAGENS DO FIREFOX EM 64 BITS, QUE ENFIM CHEGOU AO WINDOWS

17/12/2015

O Firefox 43 chegou esta semana, e seu maior destaque é uma versão 64 bits para Windows. O que isso significa para seu PC? Basicamente, maior velocidade, mais segurança e a possibilidade de rodar apps maiores.

Como explica o VentureBeat, o Firefox de 64 bits é mais rápido em executar código JavaScript porque pode acessar novos registros e instruções de hardware.

Além disso, ele é mais seguro: a versão 64 bits aumenta a eficácia de uma técnica que protege o navegador de ataques. O ASLR (randomização de layout do espaço de endereço) usa posições aleatórias para alocar o programa na memória, dificultando que um intruso tenha um local específico para atacar o software.

Basicamente, é mais difícil para um conteúdo web malicioso explorar uma vulnerabilidade do navegador.

Por fim, navegadores de 32 bits ficam limitados a usar 4 GB de espaço de endereçamento na memória, o que pode ser um obstáculo para webapps pesados, como jogos de navegador. “Um navegador de 64 bits significa a diferença se um jogo rodará ou não”, explica a Mozilla.

firefox 64 bits
Informações do site UserAgentString.com

Há uma ressalva aqui: o Firefox de 64 bits tem suporte limitado a plugins de 32 bits, o que pode ser um problema. Vale lembrar que a Mozilla planeja eliminar suporte a plugins do Java e Unity, assim como o Chrome. (O Adobe Flash e o leitor de PDF nativo continuarão a funcionar.)

O VentureBeat lembra que o Firefox está disponível em 64 bits há anos no OS X e Linux, mas só agora chegou a uma versão estável para Windows. O Google Chrome está disponível em 64 bits no Windows desde o ano passado. O Waterfox, uma versão do Firefox em 64 bits, existe desde 2011.

Baixe o Firefox em 64 bits neste link. Se você tem uma versão antiga, ela não será atualizada para 64 bits – você precisa baixar e rodar um novo instalador.

firefox android abas audio

O Firefox para Android também foi atualizado esta semana, e a maior novidade é exibir quais abas estão reproduzindo áudio. Este recurso chegou à versão desktop em novembro.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar