Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TENTATIVAS DE ATAQUES A CELULARES CRESCEM 11% NO MÊS DA BLACK FRIDAY

11/12/2015


A tentativa de ameaças a smartphones no Brasil cresceu 11% em novembro, segundo a empresa de segurança PSafe. O mês foi marcado pela Black Friday --liquidação promovida por lojas brasileiras, baseada na promoção original dos Estados Unidos--, que abre espaço ao comércio eletrônico nacional.

Ao todo, 4.458 milhões ataques foram bloqueados pelo aplicativo PSafe Total no Brasil. Em outubro, o número de neutralizações foi de 4 milhões. O app para smartphones com sistema operacional Android possui mais de 20 milhões de usuários ativos.

Com o registro de 1.157.884 ameaças digitais, São Paulo é o Estado mais visado pelos cibercriminosos. Na sequência, aparece o Rio de Janeiro (469.039). O terceiro lugar é ocupado por Minas Gerais, que registrou o maior crescimento de tentativas de ciberataques (14%), subindo de 318 mil em outubro para 362 mil no mês passado.

O número de ameaças na Bahia (302.289) e Pernambuco (243.882) cresceu 11% entre outubro e novembro. Os Estados do Nordeste aparecem na 4ª e 5ª colocação, respectivamente, do ranking dos lugares mais visados pelos criminosos.

"Hackers tendem a aproveitar eventos como a Black Friday, no qual há um aumento significativo de compras online, para intensificar as tentativas de golpe", afirmou Marco DeMello, CEO da PSafe. Segundo ele, o adware --programa que exibe propagandas e anúncios sem a autorização do usuário-- é a ferramenta mais usada para enganar os usuários de smartphones e roubar dados pessoais e financeiros. 

Tipos de ameaças

De acordo com o mapeamento da PSafe, foram bloqueadas mais de 2,8 milhões de propagandas maliciosas em dispositivos Android durante o período, o que corresponde a 63% das ameaças.

Em segundo lugar no ranking, aparece o trojan (31%), que é um programa malicioso que podem entrar em um dispositivo disfarçado como software comum e legítimo. É ainda a porta de entrada para uma série de outras ameaças mais sérias à segurança do usuário.

Os dados do Mapa de Ameaças Digitais do Brasil foram coletados a partir das tentativas de ataques barradas pelo PSafe Total, aplicativo para smartphones com sistema operacional Android que possui mais de 60 milhões de downloads e 20 milhões de usuários ativos.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar