Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FIM DE UMA ERA: YAHOO! COLOCA O CERNE DE SUA OPERAÇÃO À VENDA

10/12/2015

A diretoria do Yahoo! anunciou nesta quarta-feira que fará a separação dos negócios Web da empresa. No jargão do mercado, o Yahoo! vai fazer o spin off da parte da empresa que deu origem ao negócio, incluindo o mecanismo de buscas e o portal Yahoo! Na prática, significa dizer que o Yahoo! pretende achar um comprador para essa parte da empresa - ainda que a diretoria tenha afirmado que não está em busca de compradores. Analistas está dizendo que é um spin off ao contrário.

Atrás de novos rumos, o Yahoo! havia aventado a hipótese de colocar à venda sua participação bilionária na empresa de e-commerce chinesa Alibaba (mais conhecida no Brasil por seu braço de varejo, o Ali Express). Porém, duas considerações fizeram a diretoria pensar diferente. A primeira veio dos impostos. A participação do Yahoo! no Alibaba vale cerca de 35 bilhões de dólares, e a empresa não teria como escapar de uma grande mordida do fisco norte-americano, caso conseguisse a venda.

A segunda veio da sensação de que o negócio Web do grupo (leia-se o mecanismo de buscas e os websites) estão meio à deriva, apesar dos altos índices de visitação (nos Estados Unidos, o Yahoo! registrou 210 milhões de unique visitors no mês passado, número que faz frente a Google e Facebook). Assim, a diretoria entendeu que será mais proveitoso para os negócios manter a participação no Alibaba e dividir a empresa, criando uma unidade independente para as operações Web que, então, poderão mais facilmente encontrar interessados na compra.

A notícia não é surpresa e nem retrata nada inédito no mundo dos negócios. Mas, pode ser entendida como um marco na história das empresas digitais, já que o Yahoo! foi um dos primeiros buscadores a ganhar relevância mundial - isso antes do surgimento do Google. Especula-se que, depois da operação concluída, não faltarão interessados em comprar o Yahoo!. Os principais interessados estariam no segmento de Telecom, em que gigantes, como a Verizon, têm se aventurado em aquisições de empresas digitais. 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar