Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

RETRAÇÃO ECONÔMICA PASSA LONGE DO COMÉRCIO ELETRÔNICO BRASILEIRO

17/11/2015

Se a macroeconomia do Brasil vai mal, o comércio eletrônico vai muito bem e a prova são os resultados trimestrais das grandes empresas do setor, pontuou o COO do Mercado Livre, Stelleo Tolda, ao participar nesta segunda-feira 16/11, do VIII Seminário TelComp, que acontece na capital paulista.

"A minha empresa cresceu 30% no terceiro trimestre. A CNOVA, que reúne Pão de Açúcar e Extra, cresceu 18%. E qual é o pano de fundo para esse crescimento? É a revolução digital que acontece", sinalizou o executivo.

Segundo Tolda a Internet passa por transformações relevantes. "O Waze, o Uber são serviços que mostram a nova cara da Rede Mundial. Eles criaram um novo modelo de ação", sinalizou. No caso do Mercado Livre, a ideia que se tinha há 16 anos, quando a empresa foi criada, de ser uma ´grande praça democrática´ está valendo.

"Queremos ser uma prateleira virtual com oportunidades sem limite. E estamos chegando a 30 milhões de visitantes/mês. E ainda temos muito para crescer", pontuou. O COO do Mercado Livre passou uma mensagem otimista para quem quer investir no comércio eletrônico.

"O acesso não é mais uma questão de se, mas quando. Isso abre frentes para as vendas. A nova onda é a Internet deixar de ser um canal de venda para ser um canal de entrega de bens digitais. O ambiente está muito dinâmico", completou.

 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar