Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SERVIÇO DE STREAMING DE GAMES DA SAMSUNG FUNCIONA, MAS ESTÁ LONGE DE SUBSTITUIR CONSOLES

16/11/2015

O entretenimento agora está nas nuvens. O sucesso de serviços de streaming de filmes, como o Netflix, ou de música, como Spotfy e Deezer, provam isso, mas quando falamos de games a história é diferente. Afinal, por jogos serem bem mais complexos e exigirem internet de mais qualidade, jogar via streaming é muito mais complicado. Não é à toa que o OnLive fracassou há alguns anos e mesmo o PlayStation Now ainda não vingou para os jogadores americanos.

Apesar das dificuldades, a Samsung decidiu investir também nessa área e trouxe para o Brasil um serviço de streaming de games, chamado GameFly, que já está disponível nos mais recentes modelos Smart TV da empresa. Tivemos a oportunidade de testar por algumas horas o serviço e ele tem o mérito de funcionar relativamente bem, mas não será isso que irá substituir o seu PlayStation ou Xbox, pelo menos não ainda.

Netflix para games

Primeiro, é bom explicarmos melhor como o GameFly funciona. A função permite jogar direto na TV Smart da Samsung fabricados a partir desse ano e, tirando os modelos mais finos, não precisa de nenhum tipo de aparelho externo. Outra facilidade é que qualquer controle USB pode ser usado para jogar (menos os de PlayStation) e isso inclui o de Xbox 360.

A TV deve estar, obviamente, conectada na internet (seja via cabo ou Wi-Fi), e é necessário uma conexão mínima de 4MBps para o Gamefly funcionar. Isso para os jogos ficarem com uma qualidade SD. Já para qualidade HD de 720p só com velocidades de 8Mps pra cima. Ou seja, nada de FullHD 1080p aqui. Outro detalhe importante de frisar é que qualquer queda de conexão ou velocidades abaixo de 4Mbps, o serviço automaticamente fecha, o que pode ser bem decepcionante no meio de um jogo.

Mesmo soando já clichê, o termo “Netflix para games” é o que melhor descreve o GameFly da Samsung, não só por ser tudo via streaming, mas por ele também funcionar com um sistema de assinatura mensal. São quatro pacotes que podem ser comprados por diferentes preços (ver abaixo). Já o catálogo até surpreende com muitos títulos conhecidos, como Batman Arkham City, Hitman, Sleeping Dogs, PES 2015 e muitos jogos da série Lego. No total há 50 jogos disponíveis e a empresa promete que esse número vai subir para 80 até o fim do ano.

1

2

 

3

4

Para trazer o GameFly, a Samsung também investiu em servidores dedicados no Brasil, o que é essencial para o streaming funcionar de forma aceitável e sem (muito) lag.

Teste

Mesmo não estando em um ambiente ideal, com uma conexão de internet típica que encontramos em casa, o GameFly se saiu bem em boa parte das mais de duas horas que tivemos para testar o serviço.

Em jogos mais leves, como Pacman Champioship Edition ou Lego Batman, as experiência foram idênticas a de se jogar em um console. O mesmo aconteceu em games corrida como DiRT 3 ou WRC 4. Até no único jogo de luta disponível, Blazblue: Calamity Trigger, em que pensava que acharia problemas de lag e demora de respostas nos comandos, só aconteceram algumas “engasgadas” vez ou outra, mas nada muito grave.

BlazBlue

Porém, quando passei para games que exigiam mais de processamento ou velocidade, foram que as falhas mais sérias no streaming começaram a aparecer. Em Batman: Arkham City, por exemplo, era notável o lag de som, com as porradas do homem-morcego ressoando atrasadas após realizar os comandos no controle e mesmo que isso não estivesse afetando o gameplay, a demora ficava cada vez mais acentuada conforme jogava. O mesmo acontecia com a taxa de quadros do jogo, que visivelmente não conseguiam travar a 30fps.

Os problemas mais graves, no entanto, aconteceram no PES 2015, um dos jogos de destaque do serviço. Primeiro que o jogo está disponível em português… de Portugal, o que incluía aí também a narração. Por isso o “Jogo Amigável” (e não amistoso) que experimentei ficou mais divertido com os comentários portugueses.

Já o que não foi nada divertido era ver o jogo dando pequenas travadas o tempo todo e lutando para conseguir rodar sequer a 30 quadros. Aí sim, a qualidade do streaming começou a influenciar negativamente o gameplay. Ainda era jogável, mas com um experiência bem inferior.

Agora, uma caraterística interessantes que comecei a notar depois de algum tempo é que todos os jogos disponíveis no GameFly são, na verdade, as versões de PC, com até mesmo opções de configurações de vídeo e teste de benchmark presentes no menu, mas que ficam indisponíveis de serem acessados. Não é coincidência que todos os jogos do catálogo do GameFly também podem ser encontrados no Steam. O problema é que, graficamente, todos pareciam, no máximo, versões de Xbox 360 e PS3.

Batamn_GameFly

No fim, o GameFly da Samsung é um serviço de streaming de games que funciona no Brasil, o que por si só já é louvável, até para mostrar que isso ainda pode dar certo por aqui. Porém só oferece uma experiência de jogos da geração passada de videogames. Isso faz com que ele talvez seja atraente para um jogador médio, com filhos que possam se distrair com os vários jogos Lego que estão por lá, e a um preço que, a médio prazo, compense enquanto espera um pouco mais para comprar um console novo, como PS4 ou Xbox One.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar