Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TIM COOK REPUDIA EPISÓDIO DE RACISMO NUMA APPLE STORE

16/11/2015

Um flagrante recente de racismo numa Apple Store australiana rendeu um e-mail a todos os funcionários redigido pelo próprio CEO da empresa, Tim Cook. Em seu texto, o executivo chamou o incidente de "inaceitável" e enfatizou que as lojas da maçã estão abertas a todas as pessoas, independentemente de raça, religião, orientação sexual e etc.
 

O incidente em questão, mostrado no vídeo acima, envolveu três estudantes negros de uma escola próxima ao shopping Highpoint, em Melbourne, na Austrália. Ao visitarem a Apple Store presente ali, eles foram expulsos porque os seguranças e o lojista estavam preocupados que eles "poderiam roubar algo", como foi dito sem meias palavras pelo funcionário que os estava tirando dali.

Cook afirma em seu e-mail que a atitude do lojista foi "chocante" e enfatiza o trabalho da gerente da loja onde tudo aconteceu, quem ele chama apenas pelo primeiro nome "Kate". Segundo ele, a moça se desculpou pessoalmente com os meninos e com o diretor da escola, e eles teriam reconhecido suas intenções como sinceras.

"A Apple está aberta.

Nossas lojas e nossos corações estão abertos para pessoas com todos os rumos de vida, independentemente da raça, religião, gênero ou orientação sexual, idade, deficiência, renda, idioma ou ponto de vista. Por toda nossa empresa, ser inclusivo e abraçar nossas diferenças torna nossos produtos melhores e nossas lojas mais fortes."

A íntegra da carta pode ser lida na neste link (em inglês).

 

Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar