Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

A NETFLIX SABE EXATAMENTE QUAL EPISÓDIO DE CADA SÉRIE FISGOU O PÚBLICO

25/09/2015

top-series-2013-meilleures-series-annee-fin
 
 

Dados são uma coisa maravilhosa. E a Netflix, bem, é a Netflix, o serviço de streaming que sabe exatamente o que as pessoas estão vendo e quando elas param. Durante um período de tempo deste ano, a plataforma usou estes dados para descobrir exatamente quando as pessoas são fisgadas por cada série – e não é no primeiro episódio.

Observando 20 programas diferentes vistos em 16 países, a Netflix identificou o episódio de cada série que deixou as pessoas viciadas. Isso varia entre o segundo (Breaking Bad, Bates Hotel) ao sexto (Mad Men) ou até mesmo o oitavo (How I Met Your Mother).

Estes episódios foram estatisticamente cruciais para prender as pessoas numa série. De fato, 70% das pessoas que viram o episódio “isca” de cada série foram até o final.

Como foi feita em vários países, a pesquisa também conseguiu detectar algumas especificidades locais, apesar de ter encontrado resultados gerais relativamente consistentes. De acordo com este infográfico, os brasileiros demoram um pouquinho mais para serem fisgados. A exceção é How I Met Your Mother, em que o episódio-gancho por aqui foi o sexto, dois antes da média global.

Netflix_Brazil_FINAL

“Dada a natureza do horário nobre na TV tradicional, o episódio piloto é indiscutivelmente o ponto mais importante na vida de uma série”, disse Ted Sarandos, diretor de Conteúdo da Netflix, em comunicado. “Entretanto, descobrimos que ninguém nunca foi fisgado no episódio piloto. Isso nos dá confiança de que disponibilizar todos os episódios de uma só vez para os nossos assinantes está mais alinhado em como surgem os fãs.”

É importante lembrar que a Netflix foi projetada para o binge-watching, isto é, para que você fique vendo suas séries sem parar. Os horários e intervalos comerciais da TV afetam como os espectadores consomem os programas, especialmente no que diz respeito a episódios piloto. Mesmo assim, é interessante ver como as pessoas reagem à TV em seu estado puro.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar