Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ESTE CARTUCHO PARA JOGAR EM SMARTPHONES É UMA IDEIA NOSTÁLGICA QUE PARECE TERRÍVEL

22/09/2015

picocassette
 
 

Durante a Tokyo Game Show, uma empresa japonesa chamada Beatrobo apresentou um conceito de cartuchos para smartphones: você os conecta à entrada de fone de ouvido do seu dispositivo e consegue acessar um jogo.

Chamado Pico Cassete, o pequeno cartucho parece ser um acessório meio inútil que talvez agrade alguns fãs saudosistas. Não há um jogo armazenado no seu interior: tudo o que ele faz é emitir um som inaudível que autentica um app no seu smartphone e permite que você jogue. Ele também consegue gravar o seu progresso em um jogo, permitindo que você continue a aventura em outro dispositivo. E… é isso.

O design é bacana: ele lembra os antigos cartuchos do Famicom (a versão japonesa do NES). O CEO da Beatrobo, Hiroshi Asaeda, diz ao The Verge que as Pico Cassettes dão uma sensação de posse que as versões digitais não dão. “Claro, você pode ter Chrono Trigger no seu iPhone. Mas não é a mesma coisa.”

Quem jogava entre as décadas de 80 e 90 certamente tem lembranças dos cartuchos de jogos. De vez em quando, eles não funcionavam direito e precisávamos assoprar o fundo do cartucho e reiniciar o console para conseguir fazer um jogo rodar. Há um bom motivo para eles terem sido abandonados com o tempo: os cartuchos tinham pouco espaço de armazenamento, e logo perderam a batalha contra o custo baixo e armazenamento alto dos discos em geral (CDs, DVDs e agora Blu-Rays).
 
Por mais legal que seja ter um cartuchinho de um jogo – e não vou negar que é um pouco legal sim -, é bem difícil comprar essa ideia das Pico Cassettes. Poder transferir o progresso de um jogo de um smartphone para um tablet, por exemplo, é um recurso bacana, mas não é difícil oferecer uma alternativa mais esperta e barata, como gravar o save na nuvem.

E não é como se você pudesse ter o jogo em cartucho e, assim, liberar um pouco de espaço no seu smartphone – você ainda precisa baixar e guardar um app no seu aparelho. A ideia aqui é claramente a de oferecer um “sentimento de nostalgia”, mas você pagaria por isso?

Por enquanto, a Beatrobo tem apenas uma prova de conceito que permite jogar uma imitação de Flappy Bird no celular. A empresa vai lançar uma campanha de crowdfunding para lançar o Pico Cassette em breve, ainda sem preço definido.

 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar