Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SNAPCHAT COMEÇA A VENDER PACOTES PARA QUE USUÁRIOS POSSAM REVER AS MENSAGENS RECEBIDAS

16/09/2015

O Snapchat está atualizando o aplicativo para que você possa ver um snap específico mais de uma vez — mas por um preço.

Normalmente, é possível rever novamente uma mensagem por dia: é só segurar na mensagem já vista e será possível revê-la pelo tempo determinado pelo remetente. Isso uma vez por dia com uma única mensagem. Mas com essa nova atualização, que começa a chegar aos usuários hoje, será possível comprar pacotes para rever mais de uma por dia: por US$ 0,99 será possível rever três snaps já vistos.

Quer rever mais? É só comprar outro pacote de US$ 0,99 para rever outras três mensagens — no entanto, vale ressaltar que ainda será possível rever cada mensagem apenas uma vez. Ou seja, aquele snap mais safadinho que te mandaram? Você só poderá vê-lo, no máximo, duas vezes. Depois disso ele será apagado (e guardado para a eternidade na sua memória falha).

Filtros

Além das microtransações, o aplicativo também apresenta novos filtros com a atualização. Conhecida por Lenses, a função oferece alguns filtros animados que identificam o rosto do usuário e fazem modificações virtuais. Nada muito diferente do que já é feito com o Photo Booth de computadores Mac, como bem lembrou o Business Insider.

Para usá-lo é bem simples: aperte e segure a imagem do seu rosto antes de apertar o botão para registrar a selfie.

IMG_0222

Uma série de filtros será apresentado e depois disso é só bater uma foto (apertando o botão), ou um vídeo (segurando-o). Cada filtro tem as próprias instruções, como “abre a boca” ou “levante a sobrancelha” e o Snapchat promete novos deles diariamente.

snap2

O aplicativo fez algo parecido para promover o filme O Exterminador do Futuro: Gênesis, segundo informações do The Verge. Nesta promoção, o sujeito da selfie era transformado em uma máquina assassina, como as do filme, com a inserção do icônico olho vermelho dos exterminadores sobre o rosto do usuário.

A inserção de microtransações em aplicativos gratuitos não é novidade: no começo deste ano o Tinder foi atualizado com funções pagas um tanto controversas — por uma mensalidade, usuários poderiam reavaliar um perfil negativado e visualizar pessoas em regiões distantes. No entanto, dependendo da faixa etária do usuário, valores diferentes eram cobrados: usuários com menos de 28 anos pagam R$ 10, enquanto os usuários mais velhos que essa idade pagam R$ 60 (!).
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar