Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ENTENDA O QUE FAZ O SSD HYPERX PREDATOR PCIE SER MAIS RÁPIDO QUE OUTROS

05/08/2015

Não há dúvidas que SSDs oferecem desempenho absolutamente superior ao de HDs. Nós já mostramos isso em testes anteriores, como nesse, que mostra uma redução de 40% no tempo de carregamento do jogo Crysis Warhead ao se trocar o HD por um SSD. Isso fica ainda mais evidente no caso dos modelos da linha Savage, que atingem velocidades de leitura de até 560 MB/s e de gravação de 530 MB/s.

É um desempenho incrível para a maioria dos usuários, só que existem alguns entusiastas de desempenho extremo que demandam sempre mais velocidade e performance, e, gostam de ter o que há de mais moderno em termos de hardware. Para esses usuários, os SSDs com interface SATA já não eram mais suficentes. Afinal, o limite teórico de 600 MB/s da tecnologia SATA 3 já está sendo saturado por unidades de armazenamento como as da linha Savage.

Porém, como explica o site Tested, desenvolver uma nova versão do SATA, com velocidade acima de 600 MB/s seria um esforço longo e que custaria muito dinheiro. Criar uma conexão que utilizasse múltiplas linhas de dados iria requerer um novo conector e controladores de chipsets SATA modificados.

A solução que alguns fabricantes de SSDs, incluindo a Kingsyon através da linha Hyperx encontraram, foi utilizar um outro padrão de conexão, o PCI-Express. Foi assim que surgiu o HyperX Predator PCIe, um SSD que pode ser conectado tanto através dos slots M.2 (antigo NGFF) quanto dos slots PCIe da sua placa-mãe.

Afinal, a conexão PCIe tem uma séries de vantagens, começando por já estar disponível em basicamente todas as placas-mãe do mercado. Além disso, o padrão também permite maior taxa de transferência de dados – na segunda geração, são 500 MB/s por linha de dados. Para completar, ainda foi possível criar SSDs PCIe na forma de dispositivo compatível com protocolo AHCI e que utiliza uma única porta para se conectar ao PC.

O SSD HyperX Predator PCIe oferece velocidades de até 1.400 MB/s para leitura, mais que o dobro do limite teórico do SATA 3. Isso sem contar os até 1.000 MB/s para gravação. Utilizando conector M.2, ele é compatível com PCI-Express Gen 2.0 x4.

Como já destacamos, quem preferir, ao invés de apenas o SSD em formato M.2, pode optar pela versão com adaptador Half-Height, Half-Lenght (HHHL) para conectá-lo em placas-mãe que tenham pelo menos um slot PCIe x4 (ou maiores) disponível. Com tudo isso, o Predator PCIe vai permitir uma experiência multitarefas melhor que a de qualquer SSD com tecnologia SATA.

O SSD HyperX Predator PCIe pode ser comprado na KaBuM! (240 GB e 480 GB) e na Kingston Store (240 GB e 480 GB).

Especificações técnicas
- Formato: M.2 2280
- Interface: PCI Gen 2.0 x4
- Capacidades: 240GB, 480GB
- Marvell 88SS9293

- Desempenho de referência
Transferência de dados compactados (ATTO)
120GB — 560MB/s para Leitura e 360MB/s para Gravação
240GB, 480GB, 960GB — 560MB/s para leitura e 530MB/s para gravação
Transferência de Dados não compactados (AS-SSD e CrystalDiskMark)
120GB — 520MB/s para Leitura e 350MB/s para Gravação
240GB — 520MB/s para Leitura e 510MB/s para Gravação
480GB — 520MB/s para Leitura e 500MB/s para Gravação
960GB — 520MB/s para Leitura e 490MB/s para Gravação

IOMETER - Leitura/Gravação aleatória máxima 4K
120GB — até 100.000/ até 84.000 IOPS
240GB — até 100.000/ até 89.000 IOPS
480GB — até 100.000/ até 88.000 IOPS
960GB — até 99.000/ até 89.000 IOPS

4k leitura/gravação aleatória
120GB — até 93.000/ até 83.000 IOPS
240GB — até 93.000/ até 89.000 IOPS
480GB — até 92.000/ até 89.000 IOPS
960GB — até 97.000/ até 89.000 IOPS


 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar