Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVO MATERIAL DESCOBERTO PODE RESISTIR AO CALOR DO CENTRO DA TERRA

31/07/2015

Uma nova pesquisa descobriu um material que pode quebrar o recorde de maior ponto de fusão de qualquer substância, além de se manter intacto em temperaturas imensamente altas, como o núcleo externo do centro da Terra.

Uma equipe de engenheiros da Universidade Brown descobriu que a combinação de háfnio, nitrogênio e carbono, quando nas medidas certas, pode resistir a até 4.400 kelvins, equivalente a cerca de 4.127° C. Para entender melhor, isso é igual a dois terços da temperatura da superfície do Sol. Para deixar ainda mais claro o que isso significa: o núcleo externo da Terra atinge 4.300 kelvins, 100 a menos ao que o novo material pode resistir.

A equipe descobriu isso por uma série de simulações no computador que “[inferiu] pontos de fusão ao simular processos físicos a um nível atômico”. Os resultados foram publicados no Physical Review B.

1360976093797029035

Os possíveis usos — além de uma embarcação que possa chegar ao centro da Terra — incluem escudos térmicos de alta performance.

De acordo com o release da Universidade Brown:

A descoberta pode levar para novos materiais de alta performance em uma variedade de usos, desde turbinas a gás a escudos térmicos em aeronaves de alta velocidade. Mas ainda não é claro se o composto HfN0.38C0.51 será um material útil.

O ponto de fusão, entretanto, não é a única preocupação ao expor um material a calores extremos. “É preciso considerar funções como propriedades mecânicas e resistência a oxidação”, diz Axel van de Walle, coautor da pesquisa. Ele explica também que, ao levar estas outras funções em consideração, o ponto de fusão pode baixar.

Os cientistas já estão dentro do próximo passo: sintetizar o material para testá-lo em laboratório. A jornada ao centro da Terra está cada vez mais próxima.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar