Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CRISE NA GRÉCIA IMPEDE MORADORES DO PAÍS DE COMPRAR NA APP STORE E USAR O PAYPAL

06/07/2015

A crise financeira na Grécia começou a afetar os serviços de pagamento online e várias lojas como a App Store, que utilizam pagamento com cartão de crédito, não estão funcionando no país. 

Uma das imposições do governo grego para diminuir os problemas financeiros foi proibir o uso de cartões de crédito para comprar coisas fora do país. Com isso, serviços como a App Store, iCloud, iTunes e Paypal deixaram de aceitar o pagamento de clientes da Grécia, o que deixou muita gente desanimada no psís.
 


A crise financeira na Grécia começou a afetar os serviços de pagamento online e várias lojas como a App Store, que utilizam pagamento com cartão de crédito, não estão funcionando no país. 

Uma das imposições do governo grego para diminuir os problemas financeiros foi proibir o uso de cartões de crédito para comprar coisas fora do país. Com isso, serviços como a App Store, iCloud, iTunes e Paypal deixaram de aceitar o pagamento de clientes da Grécia, o que deixou muita gente desanimada no psís.

A Apple não comentou sobre um possível acordo com o governo grego para vender apps e músicas no país. Em um comunicado, o Paypal disse que está tomando as medidas possíveis para funcionar na Grécia.

"Nós estamos monitorando a situação na Grécia e estamos em processo de negociação com os lideres do governo. Após a decisão de controle de capital das autoridades gregas, financiamentos e transações internacionais usando o Paypal não estão disponíveis"

O controle de capital também impede os gregos de fazer pagamentos em sites de compras, como Amazon e Ali Express. Segundo o governo da Grécia, a proibição de transferências para fora do país pode evitar um colapso bancário e ajudar o país a evitar o aumento do calote no Fundo Monetário Internacional.

Nesta terça-feira(30), o país deixou de pagar €1,6 bilhão ao FMI. A Grécia é o primeiro país desenvolvido a não pagar sua dívida para a instituição e está protagonizando o maior calote da história do Fundo Monetário Internacional.

 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar