Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GOVERNO ADIA, MAIS UMA VEZ, MEGAPILOTO DE INTERNET DAS COISAS NO PAÍS

18/06/2015

Como o mercado já esperava, o Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (SINIAV) não vai começar em 30 de junho como o programado anteriormente. O Ministério das Cidades anunciou nesta quarta-feira, 17/06, um novo adiamento, agora, para 1º de janeiro de 2016. A iniciativa - considerada um megapiloto de Internet das Coisas - prevê a instalação de tags em veículos nacionais e importados. Os chips deverão ser instalados numa frota estimada em 50 mihões de automóveis ativos.

O adiamento foi decidido na reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O SINIAV tem como objetivo a prevenção, fiscalização e repressão ao furto e roubo de veículos e de cargas. A tag consiste na identificação de veículos por radiofrequência, por meio de dispositivo de identificação eletrônico instalado no veículo, antenas leitoras, centrais de processamento e sistemas informatizados de monitoramento. O informe oficial do Ministério das Cidades diz ainda que a instalação dos chips atenderá um cronograma, a ser definido pelo Governo.

Um dos grandes problemas para o megapiloto de Internet das Coisas é a resistência à iniciativa por parte dos órgãos de trânsito. Os DETRANs estaduais não se preparam e o DENATRAN - Departamento Nacional de Trânsito não tem como obrigar a implantação do SINIAV. Em São Paulo, por exemplo, o serviço Sem Parar adotou um modelo próprio, bem próximo do SINIAV, mas sem tantas exigências como o projeto determinado pelo governo.



Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar