Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FIM DA DESONERAÇÃO CUSTARÁ MAIS DE 151 MIL EMPREGOS NAS EMPRESAS DE TIC

16/06/2015

O Projeto de Lei 863/15, sucessor da Medida Provisória 669/15, que propõe o aumento dos tributos sobre a desoneração da folha de pagamento às empresas de 56 setores econômicos, e que pode ser votado nesta semana no Congresso Nacional, terá impacto negativo na geração de emprego nas empresas de TIC.

O levantamento "Desoneração da folha - Cenários", apresentado em esforço conjunto entre entidades de representação do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) - entre elas o Sindpd (Sindicato dos Trabalhadores de TI de São Paulo), ABES, ASSESPRO, BRASSCOM  e o Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo (Seprosp) - mostra que, se aprovada a elevação da alíquota atual (1% e 2%) para 2,5% e 4,5% sobre a folha de pagamento, mais de 151 mil postos de trabalho serão eliminados, soma que representa 17% da reserva de mão de obra do segmento.

Tendo por base a combinação dos Serviços de TI, Business Process Outsourcing (BPO) - terceirização de processos de negócios que utilizam processamento de dados e tecnologia da informação - e Call Center, o estudo prevê cenário de contração destes mercados com crescimento de receita de apenas 1,7% (aa), considerando projeções para o período de 2015 a 2017.

Para efeito comparativo, a pesquisa aponta que a manutenção da taxa de 2% sobre a Contribuição Previdenciária Patronal (CPP) destes segmentos seria capaz de assegurar crescimento moderado, gerando 17 mil novos empregos e um aumento da receita para 7,5% (aa).
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar