Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

STEVE JOBS PRECISOU DE 20 ANOS PARA ENTENDER O QUE BILL GATES JÁ SABIA

15/05/2015


A história da tecnologia pessoal passa obrigatoriamente pelas histórias de Apple, Intel e Microsoft, e um livro recente pretende mostrar quais são os pontos semelhantes entre essas três empresas. Além disso, Strategy Rules, como foi intitulado o trabalho, traz à luz algumas curiosidades, como o fato de Steve Jobs ter levado duas décadas para perceber algo que Bill Gates havia entendido imediatamente.

Escrito pelos professores David B. Yoffie, da escola de negócios de Harvard, e Michael A. Cusumano, da escola de gerenciamento do MIT, o livro contém uma passagem sobre como essas companhias se deram bem ao compreender a dinâmica do mercado em que atuam e investir na construção de plataformas que conquistassem a indústria, em vez de pensar apenas em produtos.

O Windows era uma plataforma dessas desde o começo, sendo que o padrão de microprocessadores da Intel passaria a funcionar da mesma forma posteriormente; foi a Apple que enrolou mais. "Bill Gates pegou isso imediatamente", disse Yoffie ao New York Times. "Levou 10 anos até que Andye Grove (da Intel) descobrisse isso e 20 anos para Steve Jobs."

Apenas em outubro de 2003 a Apple lançou uma versão do iTunes para Windows, permitindo que donos de PC também pudessem comprar o iPod. Em junho de 2007, depois de muita resistência, Jobs anunciou que desenvolvedores de fora poderiam criar aplicativos para o iPhone, dando o pontapé inicial para a solidificação da App Store, hoje uma das principais lojas de aplicativos do mercado.
 

Esse pensamento norteou o setor tecnologia naquela geração e contaminou a seguinte, segundo os autores, que notaram semelhanças na forma de atuação de Larry Page, do Google, Mark Zuckerberg (Facebook), Jeff Bezos (Amazon) e Huateng Ma (Tencent).

 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar