Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HYPERLAPSE DA MICROSFT TRANSFORMA VÍDEOS TREMIDOS EM SUAVES TIMELAPSES

15/05/2015

Microsoft Hyperlapse

Você pode até apreciar as horas de imagens que gravou da última vez que saiu de férias, mas a verdade é que seus amigos são educados demais para lhe dizer quão chatas elas são. Então, em vez de gastar dias editando as suas aventuras em um pequeno vídeo rápido, a Microsoft acaba de anunciar um novo app chamado Hyperlapse que automaticamente transforma vídeos longos e tremindos em clipes estáveis.

Curiosamente, o Instagram tem seu próprio app chamado Hyperlapse, cuja função é quase a mesma — mas o app da Microsoft, que foi mostrado ano passado, tem alguns truques bem legais. Já disponível para Android, dispositivos Windows Phone e PCs com Windows (sem previsão para uma versão de iOS), o Hyperlapse faz mais do que apenas acelerar uma longa gravação — esse processo geralmente envolve descartar um específico número de quadros, o que pode deixar material tremido ainda pior de assistir.

O Hyperlapse, por sua vez, processa todo o material gravado usando tecnologias inteligentes e algoritmos para estabilizar e suavizar os resultados. Então, quando você gravar um clipe com a intenção de transformá-lo em um timelapse (que pode ter até 20 minutos em todos os Android e na maioria dos Windows Phones) você não vai precisar manter a câmera dura feito uma pedra enquanto faz a gravação.
 

1251816845833111654

A diferença entre apenas acelerar a gravação e o processamento do software do Hyperlapse da Microsoft fica especialmente notável com a comparação lado a lado. A imagem da esquerda me deixa com vontade de vomitar, enquanto a da direita me deixa com a sensação de estar passeando na montanha russa mais suave da história.

Para criar essa gravação estabilizada, os pesquisadores do Computational Photography Group da Microsoft fazem uso de alguns truques de processamento de imagem. Primeiramente, o software gera um modelo 3D da paisagem presente na gravação e então o usa para descobrir o caminho feito pela câmera na gravação. Existirão, é claro, alguns desencontros na estimativa traçada quando a câmera balança demais, e é aí que o Hyperlapse usa outro truque para suavizar esses pulos.
 

Na versão para celulares do aplicativo, em vez de acelerar a gravação mantendo apenas um quadro a cada dez (por exemplo), o Hyperlapse preserva apenas os que parecem seguir visualmente o caminho traçado pela câmera. Ao remover quadros aleatórios, de movimentos bruscos, a gravação acelerada acaba por se suavizar e estabilizar automaticamente. Como resultado, quanto mais rápido você decidir acelerar o vídeo — até 32x — mais agradável aos olhos ele se tornará.

E para manter a ação no timelapse suave e constante, quadros similares que representam pausas no movimento (como uma carro que para em um semáforo) são automaticamente removidos durante o processo, para garantir que o timelapse final seja sensacional, e não brusco e recortado.

1251816846268606566
 
 

A versão pro do Hyperlapse está disponível para computadores Windows em forma de demonstração (que insere uma marca d’água nos seus timelapses) e dá um passo além ao usar técnicas de estabilização de vídeos para redimensionar e reposicionar quadros, ajudando ainda mais na suavização dos resultados. Mas o poder de processamento adicional necessário para fazer isso de forma rápida dá a entender que, infelizmente, esta função não chegará aos celulares tão cedo.

As versões mobile e para computador do Hyperlapse permitem que você importe suas próprias gravações, então não será necessário capturar vídeos apenas com a intenção de montar timelapses fáceis de compartilhar. Isso significa que os vídeos das suas antigas férias que você acumula digitalmente podem finalmente se transformar em versão mais curtas e fáceis de assistir.
 
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar