Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

APENAS SSDS ANTIGOS TÊM PROBLEMAS COM RETENÇÃO DE DADOS

14/05/2015

 

No início da semana foi divulgada a informação de que SSDs começariam a perder dados a partir de um período de 7 dias se mantidos desligados. A notícia veio de uma apresentação de Alvin Cox que, infelizmente, foi mal interpretada e repassada de maneira equivocada adiante. Não, seu SSD guardado não está acabando com seus dados. O baixíssimo período de retenção de dados se aplica a unidades que ultrapassaram sua "classificação de resistência".

A "classificação de resistência" (endurance rating) é uma estimativa da durabilidade do hardware. Como qualquer componente eletrônico, o SSD tem uma vida útil, e a "classificação de resistência" procura medir isso. Passada ela, aí sim seu SSD vai ter dificuldade em reter dados, o que é natural.

Ainda é importante frisar outro problema de informação com a notícia passada. Alvin Cox é, sim, executivo da Seagate, mas sua apresentação sobre SSDs de onde saiu esse rolo todo não foi feita em sua qualidade de funcionário daquela empresa, mas sim como membro de um comitê especializado em SSDs, que agrega executivos de diversas empresas que desenvolvem tecnologias de armazenamento.

Um SSD novo, em condições ótimas de uso, é capaz de reter dados por uma estimativa de 52 semanas (1 ano) enquanto desligado, sob a temperatura ambiente de 30ºC, como mostrado na tabela acima.

Ou seja: nada de pânico, seus arquivos no SSD não vão simplesmente desaparecer. Mas não fique nessa "zona de conforto", e sempre lembre de manter seus arquivos vitais em mais de um lugar, para não correr riscos.

 

 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar