Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

POR QUE CADA VEZ MENOS SMARTPHONES TÊM SLOT PARA CARTÃO MICROSD?

07/05/2015

“É uma tendência. Os cartões de memória microSD vão desaparecer”. A frase marcante saiu da boca de Hugo Barra, brasileiro executivo da chinesa Xiaomi, defendendo que smartphones de alto desempenho não devem oferecer a alternativa de expansão de memória.

A explicação foi dada para defender a opção de não incluir um slot para cartão microSD no Mi 4i, um dos novos lançados recentemente pela empresa. No entanto, ela vale para outros nomes da indústria, como a Samsung, que optou por não dar essa liberdade aos usuários do Galaxy S6, e várias outras companhias que já vêm neste processo há algum tempo, como Apple e Motorola.

Segundo ele, o espaço ocupado pela estrutura que comporta o cartão pode ser aproveitado para oferecer maior capacidade de bateria, ergonomia e não sacrificar a aparência do produto. No caso do Mi 4i, que tem dois slots para chips Micro SIM, isso só é reforçado.

No entanto, Barra foi além e criticou a tecnologia: “cartões microSD são incrivelmente propensos a falhas e mau funcionamento de várias maneiras”. Outro problema são as falsificações abundantes, que prejudicam ainda mais o usuário.

“Você acha que está comprando um Kingston ou SanDisk, mas você não está, e sua qualidade é muito ruim. Eles são lentos, às vezes param de funcionar e dão às pessoas um número enorme de problemas, com aplicativos travando toda hora, perda de dados, causando reclamações e frustração”, conta Barra ao Engadget.
 
“Demora um tempo até que você aceite que a razão do desempenho ruim do aparelho é o cartão SD. Você vai culpar o telefone, você vai culpar a fabricante, você vai gritar e tentar arrumar o aparelho de todas as formas antes de pensar ‘na verdade, vou tirar o cartão SD e ver o que acontece’”, finaliza o executivo.

Claro que existem vários consumidores que ainda preferem seu cartão de memória. Trata-se de uma liberdade que foi por muito tempo considerada um dos diferenciadores positivos do Android em relação ao iOS. Além disso, as empresas aproveitam a ausência do slot para cobrar um extra pela opção com mais armazenamento, que, prática há muito tempo aperfeiçoada pela Apple e que agora foi abraçada pela Samsung.
 
 
 
 
Fonte: Olhar Digital
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar