Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

TESLA REVELA NOVAS BATERIAS PARA RESOLVER UM DOS MAIORES PROBLEMAS DA ENERGIA SOLAR

04/05/2015

A Tesla anunciou uma nova linha de produtos em seu estúdio de design em Los Angeles. Ela se chama Tesla Energy: trata-se de um conjunto de baterias para casas e para empresas – e elas são bem bacanas.

“Nosso objetivo é mudar fundamentalmente a maneira como o mundo usa energia”, Elon Musk disse em um briefing pré-evento com a imprensa. “Isso parece loucura.” Parece mesmo, só que Musk é notoriamente ambicioso, investindo em transporte urbano futurista, foguetes que voltam à Terra e em uma internet construída no espaço.

O que é?

A bateria para residências se chama Powerwall. A bateria voltada para empresas é a Powerpack. Elas são “completamente sustentáveis e carbono-zero”, segundo Musk.

A Powerwall aumenta a capacidade de uma casa com painéis solares, mas também pode ser usada durante quedas de energia. Ela cabe na parede da garagem, para dar energia a um carro elétrico da Tesla, ou pode ficar numa parede externa da sua casa.
 
or que isso é importante?

A bateria promete retirar casas e empresas da rede elétrica durante horários de pico, tornando a infraestrutura de energia mais estável. Quanto mais pessoas usarem fontes de energia alternativas, menos quedas de energia acontecerão em nossas cidades.

Outra parte atraente para os consumidores é que este tipo de bateria poderá dar independência energética aos seus proprietários: ou seja, eles não precisarão pagar conta de luz se consumirem apenas a energia que suas casas gerarem.

Quanto custam?

A Powerwall custa US$ 3.000 no modelo de 7 kWh, e US$ 3.500 por 10 kWh. Os preços da Powerpack, para empresas, ainda não foram divulgados.
 

Quando estarão à venda?

Quem mora nos EUA pode encomendar uma bateria Tesla Powerwall agora mesmo em teslamotors.com/powerwall, mas ela será lançada apenas no final do verão americano (que vai de junho a agosto). A Powerpack (versão para empresas) será disponibilizada ainda este ano. A Tesla fará um esforço maior com as empresas em 2016.

Vale notar que essas baterias já estão sendo usadas no mundo real. A Tesla fechou parceria com a SolarCity para um projeto piloto na Califórnia, fornecendo baterias para cerca de 300 casas. Uma dúzia de lojas Walmart na Califórnia e uma unidade de processamento de carne da Cargill vêm testando as baterias de nível empresarial também.

A Tesla Energy planeja vender produtos na Alemanha e na Austrália até o final deste ano. Ela também vê potencial nos países em desenvolvimento com pouco acesso confiável à energia. “Em muitos lugares mal há rede elétrica”, disse Musk.

Quem deveria comprar?

Bem, isso depende de uma série de fatores. Você tem uma casa? Você vive em uma área com uma grande quantidade de luz solar? Você tem um monte de dinheiro extra para fazer um investimento em energia limpa? Quem responder “sim” a essas perguntas deveria com certeza dar uma olhada na linha de produtos Tesla Energy.
 

No Brasil, você dificilmente encontrará esta bateria. A geração individual de energia solar ainda é minúscula: havia apenas 83 microgeradores no ano passado, segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). O maior empecilho está no custo dos equipamentos, piorado por causa dos impostos.

Talvez isso mude no futuro. O Plano Nacional de Energia (PNE), elaborado pelo Ministério de Minas e Energia, prevê que 15 milhões de domicílios vão instalar placas para captar luz solar até 2050, gerando 13% da demanda residencial por energia.

 
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar