Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ENGENHEIROS CRIAM COMPUTADOR MENOR QUE UM GRÃO DE ARROZ

08/04/2015

m3
 
Enquanto produtos comerciais colocam PCs completos em pen-drives e mouses, cientistas vão além e criam um computador menor que um grão de arroz.

Os pesquisadores da Universidade de Michigan depois de mais de uma década de estudos e protótipos apresentaram oficialmente o modelo de um computador plenamente funcional com um milímetro, o Michigan Micro Mote (M^3).

Por razões óbvias, o M^3 não oferece suporte aos métodos tradicionais de entrada e saída de dados. Os pesquisadores programaram o diminuto PC usando luz estroboscópica em alta frequência para enviar informação. O dispositivo também é carregado usando o mesmo método. Os dados coletados pelo M^3 são transmitidos para um computador central através de radiofrequência.
 

Apesar do tamanho minúsculo, o dispositivo é capaz de tirar fotos, registrar temperaturas e monitorar a pressão atmosférica. Os cientistas acreditam que o M^3 pode ter aplicações na indústria e na medicina. O pequeno computador poderia ser injetado no corpo humano e realizar medições em tempo real ou explorar bolsões de petróleo onde outros aparelhos não seriam capazes de funcionar.

O consumidor doméstico também pode ver no futuro a tecnologia do M^3 sendo agregada a objetos de uso diário, como chaveiros, canetas, guarda-chuvas, fazendo com que as pessoas nunca mais percam seus pertences. Integrado à Internet das Coisas, as possibilidades do pequeno computador parecem inversamente proporcionais ao seu tamanho.

O M^3 já está pronto para produção industrial. Apesar do sucesso na empreitada, a equipe de estudantes e pesquisadores da Universidade de Michigan não deu seu trabalho por encerrado e já estão buscando criar um computador ainda menor, apelidado de “poeira inteligente”.

 
 
Fonte: codigofonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar