Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

REDE DE COMPUTADORES INFECTADOS É USADA PARA INFLAR NÚMEROS NO TWITCH

30/03/2015

O serviço de streaming de jogos ao vivo Twitch está crescendo e já paga quantias bem generosas para os donos dos canais mais populares da rede. Outras pessoas também querem chegar a este patamar e, obviamente, não demorou muito para criarem meios pouco éticos para chegar até lá.

A Symantec divulgou um relatório que cita o crescimento de mercados “underground”, onde é possível contratar uma massa de computadores para assistir a determinado canal no Twitch. Claro que não se tratam de pessoas reais, mas de uma botnet, uma rede de máquinas infectadas por um software malicioso. Estes PCs são comandados remotamente por cibercriminosos sem que seus donos tenham controle sobre isso.

Um dos serviços promote que cada computador pode acompanhar até cinco transmissões ao mesmo tempo de canais diferentes. As opções “Premium” incluem pessoas que comentam automaticamente no chat durante a transmissão.

Claro que, por se tratarem de computadores infectados que pertencem a pessoas comuns, é necessário disfarçar. Para isso, os streams são mantidos escondidos e a transmissão acontece sem som. O máximo que o usuário da máquina irá notar talvez seja uma perda de qualidade da conexão e desempenho do computador.

O serviço oferecido por uma destas “empresas” varia entre US$ 30 por 100 espectadores e 40 bots batendo-papo e US$ 160 para ter mil espectadores conectados, com 400 trocando mensagens na área de chat. Não se sabe quantos canais do Twitch utilizam estes serviços, nem qual o percentual de usuários infectados.
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar