Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CONHEÇA O MEERKAT, APLICATIVO APONTADO COMO ´PRÓXIMO TWITTER´

24/03/2015

O mercado de aplicativos viu surgir um serviço que está sendo comparado ao Twitter e ao Foursquare. Não por fazer algo semelhante, mas pelo destaque recebido durante a South by Southwest. Mais conhecido como SXSW, o festival que une cinema, música e tecnologia foi palco para a apresentação da rede de microblogs em 2007 e, dois anos depois, do serviço que popularizou o check-in. Agora parece ter chegado a vez do Meerkat.

A ideia do app é muito simples, dá até para sacar pelo nome, já que meerkat é o mesmo que suricata (o Timão do Rei Leão). Com o app é possível criar transmissões ao vivo de forma rápida, como se o usuário estivesse simplesmente erguendo a cabeça como fazem aqueles animaizinhos quando querem apurar a visão.

E o funcionamento é realmente simples, basta abrir o aplicativo e tocar em um botão para que a transmissão comece. Cria-se um link para o streaming que é divulgado pelo Twitter e pode ser compartilhado livremente, e não há como voltar a transmissão, embora o usuário possa salvá-la para postar em sites como YouTube posteriormente. Caso queira, ele ainda pode agendar a transmissão, programando o app para soltar alertas na hora marcada.
 

A ideia pareceu tão boa que despertou personalidades, veículos jornalísticos e celebridades, além do próprio Twitter, que comprou a startup que criou uma tecnologia praticamente idêntica à do Meerkat, a Periscope. Aliás, a atitude do Twitter foi vista com desconfiança pelo mercado, porque junto com a compra de um concorrente a empresa ainda bloqueou parte da atuação do Meerkat: o envio de notificações aos seguidores de quem iniciou a transmissão.

Isso causou certa apreensão em quem vinha apostando na novidade, mas não desanimou Ben Rubin, principal nome por trás do Meerkat. Ele é cofundador e CEO da Air, que até o lançamento do Meerkat mantinha o app como projeto paralelo - tanto que seu desenvolvimento ficou sob responsabilidade de uma única pessoa, Itai Danino, que fez tudo em oito semanas.

Rubin declarou durante a SXSW que já era esperada alguma animosidade por parte do Twitter, então os desenvolvedores pensaram em outras alternativas de divulgação. O próprio Meerkat está sendo transformado numa rede independente, com a possibilidade de procurar usuários e segui-los sem a interferência do Twitter ou qualquer outro site. Resta saber se isso será suficiente para manter o crescimento do serviço, dono de uma comunidade com mais de 100 mil usuários. Também ainda será preciso segurar as pontas quando o Twitter apresentar a primeira versão pública do Periscope, porque ele certamente terá todas as permissões possíveis da rede.

Por ora, o Meerkat só está disponível para iOS.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar