Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CRIADORA DO CANDY CRUSH É PROCESSADA POR FAZER VIDAS DESAPARECEREM NO JOGO

12/03/2015



A King Digital, desenvolvedora do Candy Crush, está sendo processada por supostamente desaparecer com as “vidas" dos jogadores para fazê-los gastar dinheiro se quiserem continuar jogando.

O ciclo de vidas do Candy Crush funciona de três formas: quando acabam, o jogador pode esperar um tempo determinado pelo jogo, pedir aos amigos do Facebook ou pagar para voltar à ativa.

Alina Renert, que abriu o caso, reclama que as vidas concedidas por seus amigos do Facebook desaparecem e ela é sempre obrigada a gastar dinheiro se quiser continuar jogando, conforme noticiado pelo Business Insider.

Ela afirmou que ao menos 25 milhões de pessoas foram afetadas pelo esquema. Como cada pacote de vidas custa US$ 0,99, uma vida sai por cerca de US$ 0,20, então os danos totais chegariam a US$ 5 milhões. Com esse valor envolvido, é possível levar o caso a um tribunal federal.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar