Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VELOCIDADE DA BANDA LARGA FICA ABAIXO DA CONTRATADA EM 73% DOS CASOS

09/03/2015

A velocidade da banda larga fixa contratada pelos brasileiros é cumprida em apenas 27% dos casos, segundo teste realizado pela a associação de consumidores Proteste e divulgado nesta terça-feira (3). 

O órgão realizou 1.448 medições com uma amostra de consumidores do Rio de Janeiro e de São Paulo e concluiu que as empresas de telecomunicações que atuam no Brasil não seguem os parâmetros mínimos de qualidade definidos pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Pelas regras da Anatel, as empresas são obrigadas a oferecer uma velocidade mínima para a banda larga. A velocidade instantânea entregue deve ser, no mínimo, 40% do contratado em 95% dos acessos. As empresas também são obrigadas a entregar uma velocidade média de conexão de 80% da máxima contratada para a banda larga fixa, sendo que esse é o resultado da média de todas as medições realizadas no mês.

Mas, milhões de brasileiros, como apontou o teste, contratam planos denominados de banda larga com a qualidade que não se adequa à oferta. O problema é ainda maior entre os consumidores de menor poder aquisitivo, que durante boa parte do mês recebem a velocidade de conexão da internet fixa bem inferior a contratado.

Para ajudar o consumidor a monitorar a taxa de velocidade que recebe da sua operadora e poder cobrar os seus direitos, o órgão em parceria com o site "Minha Conexão" lança um medidor de velocidade, que pode ser acessado pelo site www.testeminhainternet.com.br.

Para medir a velocidade, antes de iniciar o teste, é preciso fechar todos os programas e aplicativos que estão sendo utilizados para minimizar a interferência durante o processo.  Nos casos em que forem constatados descumprimentos ao contrato, a entidade vai ajudar o consumidor a buscar os seus direitos.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar