Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VEJA POSSÍVEIS CONFIGURAÇÕES E ESTIMATIVA DE PREÇOS DA SÉRIE AMD RADEON 300

10/02/2015

 
 
 

A AMD está dando os toques finais na sua próxima linhas de placas de vídeo e enquanto ainda levará um tempo para que elas cheguem ao mercado, seus respectivos codinomes já foram compilados pela Videocardz (via 3DCenter). A série AMD Radeon 300 será a sucessora da Radeon 200, revelada em 2013 durante o evento GPU14 realizado no Havaí. Alegadamente, as linhas de GPUs foram divididas em Fiji, Grenada, Tonga e Trindad.

Apesar de ainda estarmos algum tempo do lançamento – previsto para o segundo trimestre do ano – a época torna-se cada vez mais propícia para vazamentos mais precisos, como ocorreu da mesma forma durante o período anterior à chegada da série Radeon R200. A maioria dos codinomes obtidos da série R300 derivam de drivers Catalyst lançados no ano passado, e há diversas indicações pelas quais suas nomeações seriam confirmadas: os títulos estiveram presentes em diversos manifestos de envio durante suas etapas iniciais de desenvolvimento. 

Entretanto, os nomes das placas da série R300 não são informações oficiais e tampouco correspondem ao posicionamento dos chips.

Linha Radeon R9 395X2 – Codinome "Bermuda"

Dentre os rumores, a GPU Bermuda é conhecida por ser a previsão de topo-de-linha da série Radeon 300. Assim como a própria Ilha das Bermudas, a placa permanecia como um mistério. Entretanto, foi revelado que este não é o nome de uma placa gráfica, mas sim um codinome para uma placa de vídeo com dois chips gráficos.

Assim como o Vesuvius, o chip estará presente na sucessora da Radeon R9 295X2, a Radeon R9395X2, com expectativa de lançamento para o fim de 2015. O preço da placa-símbolo da AMD provavelmente estará na faixa dos U$1499 e incluirá novamente a mesma tecnologia de resfriamento líquido integrado presente na anterior.

Linha Radeon R9 390 – Codinome "Fiji"

A microarquitetura Fiji é a que estará presente nas sucessoras das Radeon R9 290X e 290. Inicialmente, apenas dois chips serão esperados – Fiji XT e Fiji Pro, que estarão presentes nas Radeon R9 290X e R9 390, respectivamente. Não há confirmações sobre quais especificações estes componentes terão, mas o mais avançado também estará presente dentro da placa dual chip Radeon R9 295X2. 

Algumas especificações publicadas anteriormente apontam que o chip terá 4096 núcleos e uma memória HBM 4096 (1024 bit-por-canal) de 4GB. Ele também será o primeiro chip a adotar o design de memória HBM do SK Hynix, empilhando camadas e camadas de memória rápida na die do GPU. 

Há rumores de uma terceira variação chamada Fiji CE, com um design ainda mais reduzido e um design de memória de 2GB. Segundo os detalhes dos rumores, toda esta ilha utilizará a arquitetura gráfica GCN 1.3. 

Linha Radeon R9 380 – Codinome "Grenada"

A série R9 380 será baseada na microarquitetura Grenada, o que segundo os rumores, indica ser uma recaracterização da Hawaii devido à similaridade de suas configurações. Haverão duas versões do chip com esta estrutura: o Grenada XT, presente na R9 380X, e o Grenada Pro, presente na R9 380, apresentando 2816 e 2560 núcleos, respectivamente.

Ambas as placas apresentarão também os mesmos 4GB de GDDR5 VRAM e interface de memória 512 bit. Embora não especificado, o preço provavelmente será mais atrativo aos gamers devido a capacidade desta linha de renderizar jogos em 4K com taxa de frames aceitáveis nos jogos.

Linha Radeon R9 370 – Codinome "Tonga"

A série Radeon R9 370 será a linha de entrada para os R9 300 e terá performance estabelecida conforme a tendência do mercado. Baseado no chip Tonga, haverão duas versões – o Tonga Pro, que irá na Radeon R9 370 e terá as mesmas especificações da R9 285, e o Tonga XT, presente na Radeon R9 370X, com bus de 384-bit e 3GB de memória GDDR5, juntamente com o processador de 2048 núcleos.

A R9 370X apresentará o máximo do potencial para este chip, feito em GCN 1.2 e adotado pelas R9 285 e R9 M295X. Ambas as placas serão oferecidas na faixa de U$200.

Linha Radeon R7 360 – Codinome "Trinidad"

O último da lista é o chip de microarquitetura Trinidad, previsto para as placas da linha R7 360. Estas GPUs terão desempenho de produtos de entrada e acima de U$100. Abaixo delas estariam as correspondentes às R7 250 e R7 240, ainda não informadas. Esta linha, com valor previsto para U$150, terão bus de 256-bit e 2GB de VRAM GDDR5. A microarquitetura pode conter também estrutura GCN 1.3.

 
 
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar