Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ESTE VIBRADOR DE CÓDIGO ABERTO QUER US$ 50 MIL PARA SE TORNAR REALIDADE

16/01/2015

Mod
 

Uma startup chamada Comingle está tentando arrecadar US$ 50 mil para lançar The Mod, um “vibrador múltiplo de código aberto”. É uma amostra do que acontece quando brinquedos sexuais e tecnologia open-source se unem.

Este vibrador tem três motores, que permitem criar tipos diferentes de vibração, da mais forte para a mais fraca. E, como um bom projeto de código aberto, ele conta com uma placa baseada em Arduino – chamada de “Dilduino”. Isso significa que você pode usar scripts para alterar o movimento dos motores, ou criar os seus próprios comandos.

Mod - vibrador

É possível regular a intensidade do vibrador através de um botão na base, ou com um joystick semelhante ao do Wii:

Ao agitar o acelerômetro do nunchuck, isso modula a frequência das vibrações. Para realizar um grande pedido de beta testers, também programamos o botão “C” como um botão para desligar o vibrador assim que você gozar!

E graças ao Arduino, dá para fazer algumas coisas malucas: por exemplo, aumentar a intensidade ao aproximar suas mãos de outra pessoa; ou fazer o Mod vibrar com seus batimentos cardíacos.

Um sensor de batimento cardíaco permite que você sinta a excitação do seu parceiro no brinquedo latejante. Este é um grande favorito: é superbacana sentir o aumento do ritmo com o entusiasmo do seu parceiro.

Aqui, o limite realmente é a sua imaginação.

Na base, há uma porta USB “para hackers”, que permite conectar dispositivos como o sensor de batimentos cardíacos. Por dentro, temos uma bateria de 875 mAh carregada via microUSB. Por fora, ele é feito de silicone.

O Mod é uma ideia da Comingle, uma empresa que quer “inovar nas áreas de estimulação, interação e faça-você-mesmo”. O cofundador Andrew Quitmeyer teve a ideia enquanto ajudava um(a) colega a fazer um vibrador no Instituto Smithsonian, no Panamá. Quitmeyer é formado em engenharia industrial, cinema e está obtendo um Ph.D. em mídias digitais.

O vibrador custa US$ 159, com previsão de entrega para julho. E como o projeto tem código aberto, a Comingle dará todas as instruções para que você possa fazer um Mod em casa.

Será que essa fantasia de código aberto se tornará realidade? A ver. A campanha está no Indiegogo e acaba em fevereiro; a Comingle só recebe o dinheiro se conseguir arrecadar pelo menos US$ 50.000.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar