Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SAMSUNG Z1 É O PRIMEIRO SMARTPHONE DO MERCADO COM TIZEN, ALTERNATIVA AO ANDROID

15/01/2015

Samsung Z1
 
 

A Samsung tentou lançar um smartphone com o sistema Tizen no ano passado e não conseguiu. Agora vai: o Samsung Z1 está à venda hoje mesmo… na Índia.

Trata-se de um dispositivo básico. Ele possui tela de 4 polegadas e resolução 800×480, processador dual-core de 1,2 GHz, 768 MB de RAM e 4 GB de armazenamento (expansível via microSD).

Temos ainda uma câmera traseira de 3,1 megapixels, câmera frontal VGA e uma bateria de 1500 mAh. Ele funciona em redes Wi-Fi e 3G, mas não há suporte a 4G.

Por essas especificações, a Samsung vai cobrar o equivalente a apenas R$ 240 na Índia. E o Tizen é um sistema operacional leve, faz boot rápido e oferece uma eficiência impressionante de bateria. O sistema também traz o modo Ultra Economia de Bateria, que “permite que o celular permaneça funcional… mesmo em níveis mínimos de bateria”, diz a Samsung.

Curiosamente, o sistema Tizen vem acompanhado por um antivírus embutido. Ele verifica se apps, e-mails e mensagens de texto contêm malware (ou links para conteúdo malicioso).

Samsung Z1 (2)

Faltam apps no Tizen; na verdade, este parece ser o principal motivo pelo qual o Samsung Z nunca chegou ao mercado. Mas a coreana vê o Z1 como um primeiro smartphone, onde isso não seria um problema.

Além disso, há quatro pacotes de conteúdo embutidos no Z1, reunindo milhões de músicas, 80 canais de TV ao vivo e 7.000 filmes de Hollywood e Bollywood.

Ainda não há detalhes de quando (ou se) o Z1 será lançado em outros países. Mas, por enquanto, a Samsung pode ao menos dizer que finalmente lançou seu primeiro smartphone Tizen! O sistema já está presente em smartwatches da empresa, e rodará em todas as novas smart TVs da Samsung.

Este é o quinto smartphone lançado pela Samsung este ano. Em 2014, foi anunciado um novo Galaxy a cada sete dias, em média.
 
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar