Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

O TECLADO DE E-INK COM TECLAS DINÂMICAS ESTÁ (QUASE) SE TORNANDO REAL

26/12/2014

tecl2

Para quem é péssimo em memorizar os atalhos de teclado, um sonho está prestes a se tornar realidade: não vamos mais ter que usar um papelzinho para lembrar dos atalhos do Photoshop ou do Office. Embora esses teclados já tenham sido anunciados antes, parece que agora nós finalmente poderemos comprar (ou pelo menos encomendar) um teclado de E-Ink com teclas que mudam e dão as dicas dos atalhos dependendo do software que estiver aberto no seu computador.

tecl1

O teclado E-Ink da Jaasta estará disponível em breve numa campanha de crowdfunding e seu preço deve ficar em torno de $300 assim que ele estiver em produção. Então ainda não é o momento de jogar seu teclado atual no lixo: ainda há alguns obstáculos que o Jaasta precisa superar antes de chegar na sua mesa. Mas talvez você já possa colocar seu teclado velho de guerra de aviso prévio.

tecl3

A utilidade das teclas dinâmicas não está somente em nos lembrar dos atalhos dos programas, mas também permite uma quantidade considerável de personalização. Você já quis experimentar um teclado Dvorak sem abandonar completamente o modelo Qwerty? Com o Jaasta, basta atualizar para voltar atrás. Você também pode se livrar das teclas que você nunca usa, ou adicionar duplicatas daquelas que te são realmente úteis, em lugares que se adequem melhor à forma como você digita. Os viciados em Twitter podem criar uma tecla para o # das hashtags (mas, por favor, não façam isso, já tá bom de hashtag no mundo).

O teclado Jaasta está fazendo um monte de promessas, e embora a tecnologia E-Ink já tenha provado que é possível criar teclas que se transformam, ainda é um baita desafio fazer a coisa toda funcionar perfeitamente de modo que não estranhemos o novo teclado. O indicado é manter seu dinheiro guardadinho até que os criadores do Jaasta apresentem um protótipo funcional ou até que ele esteja em produção, para vermos se os $300 do preço valem a pena.
 
 
 
Fonte: Gizmodo

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar