Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GIGANTES DE TECNOLOGIA BRIGAM CONTRA NEUTRALIDADE DA REDE NOS EUA

16/12/2014

 
 

Um grupo formado por grandes empresas de tecnologia divulgou em carta sua oposição à ideia de reclassificar a internet como serviço de utilidade pública nos Estados Unidos, uma das últimas formas de garantir a neutralidade da rede no país.

Companhias como IBM, Intel, Qualcomm, Ericsson e Panasonic tentam, com o documento (PDF), pressionar o Congresso dos EUA e líderes da FCC (espécie de Anatel do país) a recusarem um pedido feito pelo presidente Barack Obama no último mês.

Obama quer a reclassificação da internet para que a FCC tenha direito de atuar sobre a rede e, assim, instituir a neutralidade. Isso porque a Justiça norte-americana derrubou a garantia anteriormente por entender que o órgão não tem competência para decidir no setor.

A neutralidade obriga operadoras a tratar todo acesso à internet de forma igual. Assim, o usuário que só navega no Facebook poderá contratar o mesmo pacote que a pessoa que usa a web para fazer streaming de vídeos - que consome mais banda. (No Brasil, isso está garantido graças à aprovação do Marco Civil da Internet.)

Embora a ideia seja boa para empresas de serviços, como Google e Facebook, quem atua por trás da rede não se beneficia com uma internet que seja totalmente indiscriminada. Por isso a carta é assinada por companhias do mercado de hardware e componentes de infraestrutura.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar