Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DELL CUTUCA IBM E HP AO DIZER QUE NÃO VAI CONCORRER COM DATA CENTERS

11/12/2014

"Ao contrário dos meus rivais diretos (referindo-se à IBM e à HP), nós não vamos ter um data center próprio. Nós não vamos passar da infraestrutura. Vamos ser parceiros e não vendedores e concorrentes dos nossos clientes", cutucou Marcelo Medeiros, diretor executivo da Dell Brasil. Segundo ainda o executivo, mundialmente, a Dell já possui mais de 1 milhão de servidores sendo usados em infraestrutura de cloud. Medeiros não soube precisar quantos desses servidores estariam funcionando no Brasil ou na América Latina.

"Não temos esses números à mão. Mas posso dizer que computação em nuvem é um mercado prioritário para nós. Mas não vamos entrar em aplicações. Não vamos ter um Banco de Dados da Dell nesse mercado. Mas vamos ter ferramentas e soluções que ajudem no gerencimento da infraestrutura", acrescentou Medeiros, em encontro com a imprensa, realizado nesta quarta-feira 10/12, em São Paulo.

Apesar das projeções negativas da Associação Brasileira da Indústria Elétrica Eletrônica (Abinee) para o mercado de PCs e desktops em 2014 -pelo menos 3,34 milhões de dispositivos não devem ser vendidos esse ano em relação a 2013, a Dell se mostra bastante otimista. "Nos tornamos a número 2 no mercado (Positivo lidera e Dell superou Lenovo e Acer,segundo IDC), superando nossos rivais e tivemos um ótimo trimestre no varejo. Na verdade, nós quadruplicamos nossa venda no varejo", afirmou Medeiros. O executivo garantiu não sentir efeito negativo no mercado. "Se o país vai vender menos, não será por nossa causa. Nós estamos vendendo mais", acrescentou.

Com relação aos tablets, Medeiros admite que a ´febre´ do varejo pode ter diminuído, mas revelou que o mercado corporativo - por conta das aplicações que estão ficando disponíveis - está investindo mais nessa área. "Aumentamos bem a venda dos nossos tablets - que são Android ou Windows - para corporações. Esse é um mercado onde há ainda muito espaço para conquistar" frisou.

Para o ano que vem, revela o diretor de Soluçoes da Dell Brasil, Edilson Fuzetti, storage definido como software será uma grande aposta da companhia. "Temos convicção que nossas soluções são melhores que as da nossa rival (leia-se EMC)", disse. A Dell ainda não fabrica storage no Brasil, mas o executivo disse que por conta da demanda, há a perspctiva de trazer uma linha fabril em 2015. "Hoje só fabricamos servidores. Mas já estamos estudando storage e equipamentos de networking para sermos ainda mais competitivos em preço e na solução fim a fim", adiantou, sem no entanto, revelar datas para o começo dessa fabricação. Toda a produção fabril da Dell está em Hortolândia, em São Paulo.
 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar