Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NETFLIX EXPANDE PONTOS DE PRESENÇA PARA REDUZIR LATÊNCIA NO BRASIL

26/11/2014

 

O Netflix planeja aumentar o número de cidades com ponto de presença (PoP). Desde agosto de 2012, a empresa dos Estados Unidos que fornece serviço de vídeo sob demanda via internet conta com data center em São Paulo e, mais recentemente, um no Rio de Janeiro.

Sem revelar a meta, Flávio Amaral, especialista em redes do Netflix, disse que a ideia é expandir os PoPs da empresa no Brasil. Empresa conta com 50 milhões de usuários no mundo.Há pouco mais de 3 mil sistemas autônomos no Brasil, sendo que muitos não são provedores de acessos — e o País contabiliza cerca de 4 mil provedores de internet.

Durante o evento PTT Fórum 8, realizado pelo NIC.br em São Paulo, Amaral detalhou os critérios que o Netflix está usando para escolher quais cidades serão os próximos PoPs. “Fizemos análise para o Rio de janeiro. É uma cidade natural para ser ponto de presença e começamos a operar lá em agosto de 2014”, contou. “Mas tínhamos expectativas de que haveria mais AS conectados no PTT-RJ”, ressaltou Amaral.

Para eleger a localidade, o provedor de conteúdo faz uma avaliação da página do PTT (ponto de troca de tráfego) para levantar aspectos como a quantidade de Mbps trafegados e a quantidade de gigas que vai transmitir. Além disto, é feito um estudo sobre o potencial de crescimento da cidade, incluindo dados de assinantes banda larga.

Já sobre a contratação de data center na cidade, Amaral ressaltou que a condição primordial é que o data center seja um ponto de interconexão (PIX), tenha facilidade de conexões de transporte para SP ou para os EUA. Os custos de cross conexões (jumpers) com o PTT local e a possibilidade de servir cidades e Estados vizinhos também são observados. A cobertura completa pode ser lida no
portal da Abranet.
 
 
 
 
Fonte: Codigo Fonte

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar