Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

IOS 8 É O SISTEMA OPERACIONAL MAIS BUGADO JÁ LANÇADO PELA APPLE

19/11/2014

O iOS 8 já está disponível há cerca de dois meses, mas até agora ele não foi perfeitamente acertado pela Apple. O sistema operacional tem se mostrado especialmente difícil de corrigir, se tornando o produto mais bugado já lançado pela empresa, conforme um trabalho de pesquisa da Wired.

Além de o percentual de travamentos de aplicativos ter aumentado significativamente (um salto de 60% a mais de travamentos em relação ao mesmo tempo de existência do iOS 7, segundo o Crittercism), o número total de bugs que a Apple tem esforçado para eliminar a cada atualização do software está consideravelmente maior.

A pesquisa da Wired leva em consideração a página oficial de suporte da Apple, que detalha as atualizações do iOS e os bugs eliminados a cada update.

No total, o iOS 6 teve um total de 21 correções de bugs considerando todas as suas atualizações durante sua vida útil. Já no iOS 7, esse número saltou um pouco para 27. Porém, no iOS 8, apenas dois meses depois, já foram listados 23 falhas corrigidas, além do update 8.1.1, que não especifica quais falhas foram acertadas, mas fala em “correções de bugs e melhoria na estabilidade de desempenho para iPad 2 e iPhone 4s”, o que podem ser várias correções em apenas um update. Oficialmente, portanto, o iOS 8 é a versão mais bugada do software.

É interessante reparar também que os updates estão acontecendo cada vez mais rápido. A primeira atualização do iOS 5 saiu um mês depois do lançamento e no iOS 6, isso só aconteceu um mês e meio depois. No caso da versão 7, em dois meses, quatro atualizações já haviam sido liberadas. No iOS 8, isso aconteceu em apenas um mês e meio.

Ao mesmo tempo, porém, é necessário observar que a Apple também aumentou a oferta de hardware. Atualmente, a empresa vende quatro modelos diferentes de iPhones e oferece suporte a seis; também estão à venda cinco tipos de iPad e oito ainda recebem atualizações. Isso também ajuda a explicar o aumento no número de bugs e possíveis incompatibilidades.
 
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar