Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PRA MOSTRAR IMPORTÂNCIA DOS TERMOS DE SERVIÇO, PESQUISA INDUZ PAIS A ´TROCAREM FILHOS POR WI-FI´

15/10/2014

Uma pesquisa realizada em Londres, na Inglaterra, mostrou que as pessoas ignoram os termos de serviço e os aceitam sem ler suas exigências. Um experimento realizado pela agência de segurança européia Europol instalou pontos de wi-fi que incluíam em suas cláusulas a desistência da tutela do filho em troca de conexão com a internet. O objetivo era verificar a falta de cuidado das pessoas na hora de acessar a rede.

Em meia hora de funcionamento, o dispositivo teve 250 conexões ao ponto de rede, que era propositalmente desprotegido. Nesses acessos, 33 pessoas utilizaram a conexão para enviar 32 MB de arquivos em e-mails, através de uma rede POP3 onde era possível observar os contatos do usuário, além do conteúdo e até as senhas utilizadas. No final da pesquisa, as informações registradas foram destruídas para proteção dos envolvidos, que estavam sendo analisados sem consciência do processo.

Além da análise de informações, os pesquisadores inseriram um campo de termos de serviço, dizendo que a pessoa deveria abrir mão de seu(ua) filho(a) primogênito(a) ou de seu animal de estimação para acessar a conexão. Antes mesmo da página ser derrubada, seis pessoas aceitaram o termo sem sequer ler as cláusulas presentes.

Sean Sullivan, conselheiro de segurança da F-Advisor, uma das empresas envolvidas no projeto, disse que as pessoas ainda possuem um conceito muito perigoso de wi-fi gratuita, ignorando os termos legais que, por vezes, escondem riscos para quem a utilizar. "Embora as pessoas estejam protegendo as redes de suas casas, ainda é normal procurarmos redes abertas para o uso. Por que estamos dispostos a isso? O risco está na prática e não no local."

Sullivan também ressalta que na próxima vez que usuários encarem Termos e Condições para se conectar à rede, é preciso checar cada cláusula ou, caso exista a opção, utilizar uma VPN – Virtual Private Network, ou Rede Virtual Privada – para se proteger.
 
 
 
Fonte: Adrenaline

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar